Motörhead interrompe show após tocar somente seis músicas

A saúde frágil de Lemmy Kilmister é a provável causa da apresentação curta da banda no Wacken, na Alemanha

Redação Publicado em 03/08/2013, às 14h02 - Atualizado às 14h09

Lemmy Kilmister
AP

O lendário frontman do Motörhead Lemmy Kilmister parece estar com a saúde realmente fragilizada. Depois de uma série de shows cancelados, a banda voltou ao palco na última sexta, 2, para uma performance no festival alemão Wacken Open Air, mas teve que interromper depois de apenas seis canções tocadas e menos de meia hora de performance. As informações são do site Blabbermouth.

Documentário tenta desvendar a carreira e os hábitos de Lemmy, líder do Motörhead.

Nenhum comunicado oficial foi divulgado, por enquanto, mas acredita-se que a saúde fragilizada de Lemmy, que teve complicações cardíacas, hematomas e sofre de diabetes, tenha sido o motivo do show curto.

Segundo o site MetalTalk, ele teria dito ao subir ao palco: “Tenho estado doente, recentemente. Vim aqui tocar rock and roll e me estragar mais ainda”. Segundo foi reportado, ele parecia pálido e desanimado e fazia longos intervalos entre as músicas. Boatos dizem que uma ambulância foi vista deixando o local logo após Lemmy sair de cena, mas ninguém consegue afirmar que ele estava dentro do veículo.

Posteriormente, uma das atrações, Doro Pesch, afirmou que “Lemmy estava bem”.