Móveis Coloniais de Acaju prepara documentário musical sobre Brasília

“A ideia é retomar posse dos espaços da cidade”, explica o vocalista André Gonzáles

Stella Rodrigues Publicado em 01/12/2012, às 09h50

Móveis Coloniais de Acaju inova na gravação do clipe de "O Tempo"
Reprodução/MySpace oficial

A banda Móveis Coloniais de Acaju prepara, atualmente, não somente um disco, mas também um “documentário musical”. É assim que a banda define seu projeto de filme, que foi rodado em diversos locais de Brasília, a cidade natal do Móveis.

O ponto de partida do projeto era tocar uma música diferente em cidades/bairros/região diferentes. Eles passaram por Ceilândia, Gama, Samambaia, Candangolândia, Núcleo Bandeirante, Brasília, Taguatinga, São Sebastião, Planaltina e Sobradinho. Depois, o conceito mudou. “A ideia é retomar posse dos espaços da cidade”, explicou o vocalista André Gonzáles em entrevista à Rolling Stone Brasil. “Falamos da intenção e da realidade de Brasília e da nossa relação com ela”.

O grupo encontrou parques e áreas públicas tratadas com descaso pelo governo e sociedade. Eles tocaram até em uma casa de idosos, onde promoveram um baile: “Foi muito legal, todos eles saíram dançando, teve uma senhora de 93 anos dançando”. Também tocaram na Esplanada nos Ministérios, “que é um espaço político, mas que também é nosso e a gente abandonou”.

A direção é de José Eduardo Belmonte (Billi Pig, O Gorila) e o projeto contou com o apoio da Pavirada Filmes e do Estúdio Dreher. Ainda não há previsão de lançamento.