Mulher mata por Bruce Springsteen

Australiana esfaqueou seu marido após ele desligar o rádio, que tocava uma música do cantor estadunidense

Da redação Publicado em 13/03/2008, às 14h45 - Atualizado às 18h57

O cantor Bruce Springsteen, que sempre pregou paz em suas músicas
Max Vadukul

Uma australiana confessou nesta quinta-feira, 13, que assassinou seu marido por ele ter desligado o rádio durante uma música do cantor estadunidense Bruce Springsteen. Ela estava alcoolizada.

Karen Lee, de 50 anos, foi condenada a 8 anos de prisão pelo assassinato. Ela ainda argumentou ao juiz do estado de Queensland: "Quem não gosta de Bruce Springsteen, meu Deus? Peguei a faca e usei".

De acordo com relatos policiais, Lee se arrependeu logo em seguida do assassinato, tentou uma overdose de calmantes, mas foi socorrida pela polícia antes de morrer.