Mulheres dirigiram número recorde de filmes em 2020, aponta estudo

O estudo também descobriu que com diretoras, as chances de outras mulheres preencherem cargos importantes são maiores

Redação Publicado em 03/01/2021, às 14h00

None
Petra Costa (Foto: Reprodução / Instagram)

De acordo com um novo estudo da America’s San Diego State University, o número de mulheres responsáveis pela direção de filmes bateu recorde em 2020. 

+++LEIA MAIS: 8 diretoras que fizeram história no cinema brasileiro: de Petra Costa com Democracia em Vertigem a Renata Pinheiro com De Pernas pro Ar

O Centre for the Study of Women in Television and Film (“Centro para o Estudo das Mulheres na Televisão e no Cinema”, em tradução livre) da universidade descobriu que as mulheres representaram 16% dos diretores nos 100 filmes de maior bilheteria em 2020. Em 2019, este número era 12% e apenas 4% em 2018, via Variety

As mulheres representaram 21% de todos os diretores, escritores, produtores executivos, produtores, editores e cinegrafistas que trabalharam em filmes de maior bilheteria em 2020. Este número é menor na pesquisa de “filmes assistidos em casa”, com apenas 10% de representação feminina. 

+++LEIA MAIS: História de Marielle Franco será retratada em nova série documental

“A boa notícia é que já vimos dois anos consecutivos de crescimento para as mulheres que dirigem. Isso quebra um padrão histórico recente no qual os números tendem a subir um ano e cair no outro. A má notícia é que 80% dos melhores filmes ainda não têm uma mulher no comando”, explicou Martha Lauzen, que supervisionou a pesquisa, em nota. 

Nos 100 filmes de maior bilheteria de 2020, as mulheres representaram 28% dos produtores, 21% dos produtores executivos, 18% dos editores, 12% dos escritores e apenas 3% dos cineastas. O estudo também descobriu que filmes com pelo menos uma diretora têm muito mais probabilidade de contratar mulheres para preencher outros cargos importantes no set.

+++ LEIA MAIS: Democracia em Vertigem é eleito um dos melhores filmes do ano pelo New York Times

Apesar dos avanços, 67% dos principais filmes empregaram entre zero e quatro mulheres nos papéis mais importantes de bastidores. Para refletir sobre o contraste com a presença dos homens, mais de 70% dos filmes empregaram 10 ou mais homens como diretores, escritores e outros cargos importantes.


+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++SHOWS QUE PERDEMOS EM 2020 | ROLLING STONE BRASIL