Multidão canta “Don’t Look Back in Anger”, do Oasis, em homenagem às vítimas de Manchester

Noel Gallagher compartilhou um vídeo da performance improvisada no Twitter

Redação Publicado em 25/05/2017, às 13h03 - Atualizado às 16h08

Multidão se reúne na praça St. Ann, em Manchester, para um minuto de silêncio em homenagem às vítimas do atentado terrorista que ocorreu na Manchester Arena, no dia 22 de maio, após show da cantora Ariana Grande

Ver Galeria
(3 imagens)

Nesta quinta-feira, 25, uma grande multidão se juntou na praça Saint Ann, na cidade britânica de Manchester, para homenagear as vítimas do atentado terrorista que aconteceu após o show da cantora Ariana Grande, na Manchester Arena, na última segunda, 22.

Depois de um minuto de silêncio, uma mulher chamada Lydia Bernsmeier-Rullow começou a cantar “Don’t Look Back in Anger”, do Oasis, e, rapidamente, os presentes se juntaram a ela.

LEIA TAMBÉM

Estado Islâmico assume autoria do ataque no show de Ariana Grande em Manchester

Salman Abedi, de 22 anos, é identificado como responsável por atentado em show de Ariana Grande

Ariana Grande, Drake e outros artistas lamentam ataque a show em Manchester

Josh Halliday, jornalista do The Guardian, perguntou a Lydia o que havia a inspirado a começar a performance. “‘Don’t Look Back in Anger’, é disso que estamos falando. Não podemos ficar olhando para o passado, temos que focar no futuro”, explicou, no vídeo que Halliday compartilhou no Twitter. Veja abaixo.

Noel Gallagher, ex-vocalista do Oasis, que nasceu em Manchester, também postou um registro visual do momento na rede social.