Mumford & Sons anuncia que fará pausa após turnê de Babel

“Não há atividades previstas para o futuro do Mumford & Sons”, disse integrante da banda

Rolling Stone EUA Publicado em 21/09/2013, às 14h50 - Atualizado às 15h02

Mumford & Sons
Robb D. Cohen/Invision/AP

O Mumford & Sons fez o último show da turnê do disco Babel nesta sexta-feira, 20, em Bonner Springs, Kansas, nos Estados Unidos, encerrando assim um ano que incluiu prêmios Grammy e um problema de saúde de Ted Dwane. A banda anunciou à Rolling Stone EUA, contudo, que irão dar um longo tempo longe dos palcos. “Não há atividades previstas para o futuro do Mumford & Sons”, disse Ben Lovett.

Brechó Musical: Como o Mumford & Sons transformou a música ao estilo antigo no futuro do rock.

Exatamente por quanto tempo a banda pretende ficar em hiato? “Nós não temos ideia. Só sabemos que iremos tirar um tempo considerável, voltar a sair, sem compromisso, pressão, ou coisa assim. Parece a última semana da escola, antes do feriado, quando você está no colegial. A atmosfera na estrada é uma... Eu acho que todos estamos animados em ter as agendas livres.”

Em fevereiro, a banda falou à RS que precisou se ajustar para dar conta dos shows de arena que começaram a fazer. “Essas apresentações eram mais pesadas para nós”, disse Lovett. “Tínhamos uma responsabilidade maior de melhorarmos em melhor forma. Não podíamos diminuir 20 minutos do show porque Marcus estava com dor nas pernas”, completou Ted Dwane. “Nós definitivamente queremos um tempo. Vamos descansar um pouco.”

Será o primeiro tempo da banda desde estourarem com Sigh No More, disco lançado em 2009. “Queremos nos recuperar”, diz Lovett. “Neste processo, não tivemos tempo de estar com outras pessoas e viver uma vida fora da banda. Eu acho que é isso que queremos fazer neste momento – fazer bem pouco, especialmente quando se trata de Mumford & Sons.