Música de Miley Cyrus é desqualificada do Grammy e Karen O entra no lugar

"All Is Love", faixa da vocalista do Yeah Yeah Yeahs para filme de Spike Jonze, substitui "The Climb" na competição de melhor música de trilha sonora

Da redação Publicado em 11/12/2009, às 11h26

Uma canção de Miley Cyrus, "The Climb", foi desqualificada na disputa pelo Grammy de melhor faixa de trilha sonora. A faixa, que apareceu em Hannah Montana: O Filme, foi escrita pela cantora de country Jessi Alexander em parceria com Jon Mabe - o problema, percebido apenas depois do anúncio das indicações, é que a dupla não compôs a faixa para o filme.

Quem saiu ganhando foi Karen O, vocalista do Yeah Yeah Yeahs. Pela faixa "All Is Love", feita para a trilha de Where the Wild Things Are, novo filme de Spike Jonze, ela foi indicada no lugar de Alexander e Mabe. A notícia foi divulgada por Matt La Motte, porta-voz da Interscope Records, no blog We Love You So, mantido por Jonze e equipe. A organização do Grammy confirmou.

Karen O, que executou "All Is Love" com ajuda de um coral infantil (a banda foi batizada Karen O and the Kids), concorre com "Decode", do Paramore (Crepúsculo), "The Wrestler", de Bruce Springsteen (O Lutador) e "Jai Ho", de AR Rahman (Quem Quer Ser um Milionário?).

O Yeah Yeah Yeahs já estava dentro da competição, com It's Blitz no páreo para melhor álbum alternativo.