A música dos Beatles ‘sem sentido’ que irritava John Lennon; claro que tinha sido escrita por Paul McCartney

Música do álbum Magical Mystery Tour deixou uma composição de Lennon no lado B do disco

Redação Publicado em 27/07/2020, às 13h22

None
Paul Mccartney e John Lennon (Foto: Dalmas Sipa Press / AP Images)

Durante uma das fases mais criativas dos Beatles,John Lennon ficou insatisfeito com uma música “sem sentido” lançada juntamente com o sucesso psicodélico “I Am The Walrus” - e em posição de destaque. Parte do álbum Magical Mystery Tour (1967), a faixa era de autoria de Paul McCartney, como lembra a Far Out Magazine.

A faixa “Hello, Goodbye” aborda temas opostos na letra e foi influenciada pelo signo de McCartney. “Tem influências geminianas, acho - os gêmeos. É um tema muito profundo no universo, a dualidade - homem e mulher, preto e branco, alto e baixo, certo e errado, em cima e em baixo, olá e adeus - que tornou a música fácil de escrever”, explicou o músico em Many Years from Now, biografia escrita por Barry Miles (via Beatles Bible).

+++ LEIA MAIS: Paul McCartney ou John Lennon: quem cantou mais músicas dos Beatles?

Lennon chamou a música de “uma tentativa de escrever um single” do amigo e, de acordo com a Far Out Magazine, resumiu a faixa em “três minutos de contradições e justaposições sem sentido”. A música estava no lado A, enquanto "I Am The Walrus" ficou como lado B do single. 


+++ PLAYLIST COM CLÁSSICOS DO ROCK PARA QUEM AMA TRILHAS SOBRE DUAS RODAS