Música nova da Pitty foi em parte inspirada na morte do antigo guitarrista da banda

Peu Sousa cometeu suicídio em maio de 2013, aos 35 anos

Pedro Antunes Publicado em 23/05/2014, às 18h37 - Atualizado às 19h59

Pitty
Divulgação

Dor e saudade transbordam da nova música de Pitty, “Lado de Lá”, lançada nesta sexta-feira, 23, a terceira a sair de forma avulsa como parte da divulgação do mais novo disco da roqueira, Sete Vidas. A alusão ao suicídio, abrupto e repentino, foi em parte inspirada na trágica morte do guitarrista Peu Sousa, antigo companheiro de banda, com quem escreveu alguns dos hits do álbum Admirável Chip Novo (2003), como “Equalize” e “Deja Vú”.

Ouça “Seu Tipo”, nova música de Fernanda Takai, com participação de Pitty.

“Talvez pudesse resolver (quem vai saber?) / Será que a dor venceu? / Pra quê essa pressa de embarcar / Na jangada que leva pro lado de lá?”, canta Pitty na canção, a mais melancólica entre as três mostradas até então.

À Rolling Stone Brasil, a cantora explicou que a música “é muito por causa de Peu e um tantinho pelo Lou Reed”. Na ocasião da morte do músico norte-americano, em outubro do ano passado, um texto de Patti Smith, antiga companheira dele de andanças por Nova York, publicado no britânico The Guardian, trouxe a inspiração para a metáfora da morte como uma passagem.

“Trouxe-me a imagem do barqueiro da mitologia egípcia que nos leva para o ‘lado de lá’”, concluiu Pitty, citando o ser mitológico Aken, responsável por transportar as almas dos egípcios através do rio da morte.

Melhores de 2013: artistas falam sobre suas músicas

A balada deixa a tristeza para trás apenas na última estrofe, quando aceita-se a despedida. “Aceno da margem / Ao longe o barco vai - até mais! / Guarde pra mim um bom lugar”, completa Pitty cantando juntamente com um coro.

Pitty volta a ser roqueira

Depois de postar uma contagem regressiva e um texto enigmático publicado no site oficial, Pitty anunciou o lançamento do disco Setevidas. O texto assinado pela cantora, que nos últimos anos se dedicou ao projeto folk Agridoce, fazia referências a conhecimentos históricos, místicos e bíblicos envolvendo o número sete.

“Estamos no ano de 2014, cuja soma é sete. Logo mais te conto um segredo não mais tão guardado a sete chaves”, escreveu Pitty na mensagem enigmática.

Setevidas, gravado ao vivo, é o primeiro material inédito lançado por Pitty em quatro anos, desde o single “Comum de Dois” (2010), que faz parte do álbum ao vivo A Trupe Delirante no Circo Voador. O último disco completo de inéditas de Pitty é Chiaroscuro (2009).

Disco de estreia da Pitty, Admirável Chip Novo completa 10 anos e ganha lançamento em vinil.

Após o hiato do grupo, em 2011, Pitty se dedicou ao projeto paralelo indie e acústico Agridoce, com o guitarrista Martin. A dupla lançou um disco homônimo e chegou a se apresentar no Lollapalooza 2013, em São Paulo.

Setevidas, produzido por Rafael Ramos e mixado por Tim Palmer, chega às lojas no dia 3 de junho.

Além de “Lado de Lá”, que pode ser ouvida abaixo, Pitty lançou “Sete Vidas” ( ouça aqui) e “Boca Aberta” ( aqui).