Músico argentino faz serenata todos os dias para esposa com Alzheimer

Em publicação viral nas redes sociais, Yanel escreveu: "Você é o meu melhor público"

Redação Publicado em 06/11/2019, às 09h24

None
Lúcio Yanel e Sueli de Fátima (Foto: Facebook / Reprodução)

Todas as tardes, Lúcio Yanel, de 73 anos, toca e canta para a esposa Sueli de Fátima Teixeira, de 63, diagnosticada com o Mal do Alzheimer em 2008.

Em janeiro, o músico de origem argentina, mas que vive no Brasil há mais de 40 anos, desabafou sobre a doença nas redes sociais. "Já faz alguns anos que o maldito Alzheimer vai me roubando a minha amada companheira. E para que me sinta ao seu lado, minhas serenatas diárias. Tu é o meu melhor público", ele escreveu.

A publicação, seguida por uma foto, prontamente viralizou e, por enquanto, conta com mais de 55 mil curtidas e 66 mil compartilhamentos.

Chefe de cozinha, D. Sueli tinha 52 anos quando a doença começou a se manifestar e, desde 2015, não consegue mais falar ou andar, e passa o dia inteiro na cama.

Há 25 anos, eles dividem a vida, e as serenatas sempre foram parte da rotina do casal. Hoje,para trabalhar, fazer shows e sustentar a família, Yanel reveza os cuidados da mulher com o filho, Pedro, responsável por registrar o momento abaixo:

Veja a publicação original aqui.