Músico foi descoberto como culpado pela origem do rumor falso da morte de Jon Bon Jovi

Um cidadão da Pennsylvania se disse frustrado porque o cantor estava se concentrando mais nos negócios do que na carreira

Redação Publicado em 28/12/2011, às 18h23 - Atualizado às 18h26

Jon Bon Jovi nega que tenha morrido
Foto: Reprodução/Facebook Oficial

De acordo com o site do Asbury Park Press, um músico da Pennsylvania admitiu ter começado recentemente o rumor falso a respeito da morte de Jon Bon Jovi, usando a conta no Twitter de um amigo. Jeffrey Goho disse ao jornal que estava frustrado com o fato de que o astro do rock parecia se preocupar mais com seus negócios que não tinham nada a ver com a música.

“Tudo que eu ouvia era 'Bon Jovi isso', 'Bon Jovi está começando um restaurante’, Goho declarou. “Qual foi o último mesmo? Um comercial para Advil. Fiquei pensando ‘meu Deus, ele era um nome popular por causa de música, não por causa de negócios’.”

Goho diz que desde então compreendeu que esse status de “nome popular” que Bon Jovi alcançou "ajudou a região a prosperar, o que contribuiu para que mais músico pudessem trabalhar na área, pudessem se apresentar para mais gente, então, eu estava bem errado”.

Ele acabou sofrendo consequências do incidente, afirma, mas também ganhou fãs. “Nada disso era esperado e não vou ficar aqui sentado reclamando", disse Goho. “Mas não era minha intenção inicial. Eu nunca nem achei que isso fosse sair do estado da Pennsylvania."