Nas Paredes da Pedra Encantada estreará neste semestre

Filme sobre Paêbirú, disco de Lula Côrtes e Zé Ramalho, fará parte da programação do Festival Internacional do Documentário Musical, que começa em abril

Da redação Publicado em 28/03/2011, às 17h27

Lula Côrtes na Casa de Beberibe, em Recife, ambiente no qual o álbum <i>Paêbirú - Caminho da Montanha do Sol</i> foi concebido
Cristiano Bastos

Nas Paredes da Pedra Encantada, longa-metragem dirigido por Cristiano Bastos e Leonardo Bomfim sobre Paêbirú, disco de Lula Côrtes e Zé Ramalho (hoje o vinil mais caro do Brasil), estreará na 3ª edição do Festival Internacional do Documentário Musical, o In-Edit. A informação foi dada por Bastos ao site da Rolling Stone Brasil.

O evento teve sua data alterada (ele estava programado para março) e acontecerá neste ano entre os dias 28 de abril e 8 de maio em São Paulo, e de 6 a 12 de maio no Rio de Janeiro (a programação completa será divulgada na próxima semana). Nas Paredes da Pedra Encantada é um road movie que viaja pelas lendas do mítico Paêbirú - Caminho da Montanha do Sol, álbum lançando em 1975 por Lula Côrtes (que morreu no último sábado, 26 - leia aqui) e Zé Ramalho.

A história de Paêbirú foi tema de uma matéria publicada na edição 24 da Rolling Stone Brasil, escrita pelo próprio Cristiano Bastos. Clique aqui para ler.

Segundo a sinopse do documentário, Bastos e Bomfim arrumaram uma Kombi para levar Côrtes de volta a Ingá, recanto do agreste paraibano envolto no misticismo de uma pedra talhada com signos pré-milenares. Entre as lembranças de Lula e as histórias de figuras diversas da cena udigrudi nordestina (como Lailson, Alceu Valença e Kátia Mezel), o filme investiga, não só a riqueza musical de Paêbirú, mas também o imaginário particular do interior da Paraíba e o momento psicodélico dos anos 70 na ponte entre Recife e João Pessoa.

O álbum foi lançado com uma tiragem única de 1300 exemplares e cerca de mil cópias se perderam com a enchente que assolou Recife no mesmo ano de estreia do disco, 1975. Hoje, o vinil original (ele foi relançado no formato pelo selo inglês Mr. Bongo, em 2008) chega a custar R$ 4 mil.

Lula Côrtes compareceria à estreia do filme junto aos diretores, mas não resistiu ao câncer na garganta e morreu aos 61 anos. O cantor, compositor e poeta pernambucano foi dos primeiros artistas a misturar ritmos regionais nordestinos com rock.

Assista abaixo um teaser de Nas Paredes da Pedra Encantada: