Ne-Yo critica álbum póstumo de Michael Jackson

Cantor diz que o Rei do Pop, por ser perfeccionista, nunca aprovaria o lançamento de Michael

Da redação Publicado em 22/12/2010, às 12h25

"Mike jamais lançaria um trabalho incompleto. Ponto final', disse Ne-Yo
Reprodução/site oficial

Ne-Yo integra o time dos artistas que se posicionam contra o lançamento de Michael, disco póstumo de Michael Jackson, que chegou às lojas recentemente. O cantor falou sobre o assunto em seu Twitter.

O álbum conta com uma série de canções que foram finalizadas após a morte de Jackson, que aconteceu em junho de 2009. Alguns críticos, produtores (como Quincy Jones, com quem Michael trabalhou por anos) e músicos (Will.i.am, do Black Eyed Peas, entre eles) têm reclamado do lançamento, alegando que Michael jamais permitiria a estreia de materiais inacabados.

Em uma série de posts no Twitter, Ne-Yo mostrou seu ponto de vista. "Estes ditos 'fãs' de Michael Jackson com toda esta negatividade saindo de suas bocas. Vocês realmente acham que isso tudo é o que Michael queria?", escreveu. Ne-Yo já havia falado sobre o disco em entrevista ao TMZ, dizendo se tratar de um trabalho incompleto, e que não havia ouvido e nem gostaria. "Não tenho vontade", afirmou o cantor.

No microblog, seguiu com os comentários, mantendo sua posição. "Eu nunca falei se o álbum era bom ou ruim. Disse que era incompleto. Mike jamais lançaria um trabalho incompleto. Ponto final", afirmou. "Um verdadeiro fã de Michael Jackson compreende que a positividade sempre foi seu objetivo, assim como a perfeição na arte. Se você gostar do álbum, compre. Nunca disse às pessoas para que não comprassem."

Vale lembrar que Ne-Yo, no segundo semestre de 2008, estava trabalhando com Michael Jackson em um disco de inéditas, tendo cedido algumas de suas composições ao Rei do Pop. "Ele está nervoso porque sabe que é uma vítima e que muitas pessoas querem que ele falhe. É muito difícil quando todas atenções estão voltadas para ele (...).", disse, na época.