Neil Patrick Harris não deve voltar a apresentar o Oscar

“Não sei se minha família e minha alma aguentariam”, brincou o ator

Redação Publicado em 06/03/2015, às 12h52 - Atualizado às 13h03

Neil Patrick Harris - Oscar 2015
Reprodução

Em entrevista ao Huffington Post, Neil Patrick Harris declarou que duvida que volte a apresentar o Oscar, no futuro.

Oscar 2015: Birdman é o Melhor Filme, Boyhood decepciona e O Grande Hotel Budapeste surpreende com prêmios periféricos.

O ator, responsável por comandar a cerimônia de 2015, realizada no mês passado, brincou que “não sabe se a família e a alma dele aguentariam”. “É um monstro. Foi divertido tirar isso da lista de coisas para fazer antes de morrer, mas o tempo que gastei e a compreensível reação opinativa das pessoas, não sei se vale a pena fazer isso todo ano – ou mais uma vez, que seja.”

Com discurso feminista, Patricia Arquette, vence Melhor Atriz Coadjuvante por Boyhood.

“É muito difícil que alguém que esteja apenas vendo de casa entenda o quanto de tempo se gasta, quantas concessões se faz e o quanto é preciso explicar detalhadamente cada decisão”, continuou o astro de How I Met Your Mother. “E não digo isso para defender tudo que falei como se realmente fosse a melhor opção. Mas é uma cerimônia de premiação, eram 14 apresentações e mais de 20 troféus. Meu trabalho era manter tudo o mais leve possível e fazer com que as coisas fossem bastante próximas dos temas contidos nos filmes deste ano. Se as pessoas têm críticas a fazer ao resultado, é uma plataforma de exposição enorme, então já era esperado que elas tivessem.”

Com Birdman, Alejandro Iñárritu ganha estatueta de Melhor Diretor.

A edição número 87 do Oscar teve uma queda de 16% de audiência, foi a mais baixa dos últimos seis anos, de acordo com o instituto de pesquisa Nielsen.

Oscar 2015: cinco maiores vencedores da história da premiação.