David Crosby: “Neil Young está muito chateado comigo”

Vocalista confirma que CSNY não sairá em turnê novamente

Rolling Stone EUA Publicado em 13/10/2014, às 15h17 - Atualizado às 18h04

David Crosby em São Paulo

Ver Galeria
(6 imagens)

Neil Young anda ocupado com os lançamentos de um novo disco e outro livro autobiográfico, mas em uma apresentação no dia 8 de outubro, na Filadélfia, nos Estados Unidos, quando perguntado por um membro da plateia se ele voltaria a se reunir com Crosby, Stills e Nash, o canadense respondeu: “CSNY não nunca mais entrará em turnê... mas eu amo Stephen Stills”. O último show do CSNY foi em 2013, no Bridge School Benefit, realizado por Young anualmente.

Relembre grandes momentos do Woodstock, que completa 45 anos este fim de semana; como o show do CSNY.0

Quando o comentário de Young chegou aos ouvidos de David Crosby, o cantor do CSNY tuitou, na noite da última sexta, 10, “Ouço Neil dizer ‘nunca mais haverá shows do CSNY’, é como dizer que existem montanhas no Tibete. Nós sabemos, Neil... nós já sabíamos”. Quando um fã perguntou a Crosby o que fez Young ter negado a reunião do grupo, Crosby respondeu: “Ele está muito chateado comigo”. O cantor ainda confirmou os comentários do canadense, dizendo: “Acredite... não vai rolar”.

Resenha: Crosby, Stills, Nash and Young – CSN&Y 1974

Quando outro seguidor notou que a maneira de tocar guitarra de Young é insubstituível, Crosby respondeu: “Conheço pelo menos 20 guitarristas melhores que Neil. Três no Snarky Puppy... Hendrix, Stevie Ray, fique tranquilo”. Stephen Stills e Graham Nash ainda não se posicionaram a respeito dos comentários de Young sobre o CSNY. Em entrevista à Rolling Stone EUA em 2013, Crosby demonstrou incerteza sobre a possibilidade de o CSNY sair em turnê novamente.

Galeria: as mais polêmicas, absurdas e ultrajantes autobiografias do rock; entre elas, a de Neil Young.

“Adoro trabalhar com Neil. Ele realmente sabe ousar e faz músicas fantástica. Sinto-me muito bem trabalhando com ele. Somos um grupo interessante porque temos essa variedade de cores”, disse Crosby. “Todos nós somos bons compositores e, o mais importante, completamente diferentes um do outro. Isso te dá uma variedade para trabalhar que é incrível. Entre nós temos 900 canções... Mas quanto a outra turnê, não sei. Vocês sabem de quem isso depende”.