Neil Young vende metade dos direitos de discografia em acordo milionário

O músico fechou um contrato estimado em US$ 150 milhões com a Hipgnosis Song Fund

Redação Publicado em 06/01/2021, às 10h02

None
Neil Young (Foto: Isabel Infantes/ AP)

Depois de Bob Dylan vender os direitos de toda discografia, Neil Young decidiu transferir metade dos direitos autorais do catálogo musical para Hipgnosis Song Fund em um contrato estimado em US$ 150 milhões, segundo a BBC. (Via NME)

Com direito a 1.180 músicas do artista canadense, a empresa lucrará cada vez que as canções de Young tocarem nos rádios ou  forem reproduzidas em filmes ou produções televisivas. 

+++ LEIA MAIS: Neil Young revira arquivos e anuncia mais três projetos inéditos

Além dos direitos de Young, a Hipgnosis também possui participação no catálogo de de outros grandes nomes da música, como Lindsey Buckingham, do Fleetwood Mac, Blondie e L.A. Reid

“Esse é um acordo que muda a Hipgnosis para sempre”, disse Merck Mercuriadis, fundador da companhia, que já administrou a carreira de Elton John, Beyoncé e Iron Maiden. O empresário ainda afirmou que é “lógico” a Hipgnosis fazer uma parceria com Young para garantir que as músicas deles “alcancem todos os cantos do mundo”.  

“Construí a Hipgnosis para ser uma empresa da qual Neil gostaria de fazer parte. Temos integridade, ethos e paixão em comum, que nasceram da crença na música e nessas canções importantes”, completou Mercuriadis

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes


+++ CYNTHIA LUZ | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL