Netflix, Amazon Prime Video ou Globoplay? Conheça os serviços de streaming no Brasil e escolha o melhor para você

Novelas? Séries originais? Reprises dos filmes favoritos? Cada assinatura tem vantagens e desvantagens

Yolanda Reis Publicado em 27/03/2020, às 18h59

None
Neflix, Amazon Prime Video ou Globoplay: qual assinar? (Fotos: Divulgação)

Em meio a quarentena contra coronavírus no Brasil, os serviços de streaming de vídeo explodiram de popularidade. De acordo com uma pesquisa liderada pela SEMRush, em 2020 a Netflix teve 24 milhões de buscas no Google; Globoplay, 8,3 milhões e a Amazon Prime Video, 1,3 milhão. O maior salto de buscas foi a partir do dia 18, quarta, terceiro dia da quarentena.

Diante de tanto interesse, pode ser difícil entender qual streaming assinar. Amazon Prime Video, Globoplay e Netflix, os mais procucrados no Brasil, são bastante diferentes em essência. Separamos, abaixo, as vantagens, desvantagens e preço dos três, para ajudar a decidir qual assinar:

+++ LEIA MAIS: Filme de terror da Netflix, The Platform está chocando e explodindo cabeças durante a quarentena

Globoplay

Preço por mês (plano básico): R$ 22,90

Ponto forte: Novelas e jornalismo

Ponto fraco: Títulos internacionais

Por que assinar?

+++ LEIA MAIS: Globoplay libera conteúdos grátis por 30 dias durante pandemia do coronavírus

Globoplay é o serviço de streaming da Globo. É, de longe, o mais forte para conteúdo nacional. O catálogo oferece todas as novelas e minisséries da TV Globo - ótimo para matar a nostalgia ou para “noveleiros” de plantão.

Outra exclusividade do serviço nacional é a cobertura jornalística dinâmica, atual e inventiva. As edições de jornais televisivos diários como Jornal Nacional, Jornal Hoje, Bom Dia Brasil ficam disponíveis na íntegra (você pode ver as notícias do dia no horário que preferir). Há, também, especiais sobre assuntos atuais e catálogo de programas semanais como Fantástico. Dá para assistir edições antigas, também.

+++ LEIA MAIS: Doctor Who inspirou nome de departamento de contenção de coronavírus no Reino Unido?

Outro ponto bem forte é a TV ao vivo. Pelo Globoplay, é possível assistir à TV Globo - único serviço com essa comodidade.

O maior ponto fraco da Globoplay, porém, é a baixa quantidade de filmes e séries internacionais quando comparado aos outros serviços. Existem, sim, ótimos títulos, como Doctor Who, The Good Doctor e Handmaid’s Tale. Mesmo assim, em baixa quantidade.

Amazon Prime Video

Preço por mês (plano básico): R$ 9,90

Ponto forte: Séries clássicas e múltiplas plataformas

Ponto fraco: Títulos exclusivos

Por que assinar?

+++ LEIA MAIS: 7 filmes essenciais de Quentin Tarantino para assistir no Amazon Prime Video: Kill Bill, Pulp Fiction e mais

O Prime Video da Amazontem muitas, muitas séries clássicas e queridinhas, principalmente de comédia: The Office, Parks And Recreation, Freaks and Geeks, Chaves, Two and a Half Man… Para os nostálgicos, é a melhor escolha. 

O serviço, porém, não tem muitos anos de vida. Portanto, ainda não desenvolveu um grande número de títulos exclusivos. Os poucos disponíveis, como Fleabag, Good Omense mais, são de qualidade altíssima e receberam diversas críticas positivas e prêmios; nos próximos anos, a empresa investirá mais em produtos próprios. Por enquanto, a assinatura é para quem gosta de séries-conforto e reprises.

+++ LEIA MAIS: 4 razões para assistir a Hunters, série de Al Pacino caçando nazistas da Amazon Prime Video

A maior vantagem da Amazon Prime, porém, ultrapassa o vídeo. Uma assinatura na empresa te dá direito a vários serviços Prime: Music, Book, Games, além de frete grátis para compras no site. Para o dia a dia, é bastante prático.

Netflix

Preço por mês (plano básico): R$ 21,90

Ponto forte: Séries e filmes exclusivos

Ponto fraco: Catálogo externo

Por que assinar?

+++ LEIA MAIS: Todas as séries canceladas pela Netflix em 2020 até agora

A maior produtora de multimídia (principalmente séries), atualmente, é a Netflix. Não só em números (foram 371 títulos originais em 2019) como em recepção (no Brasil, as séries mais assistidas e buscadas no Google são da Netflix). Ganhou reconhecimento como marca: para estar “por dentro” dos assuntos atuais de entretenimento, precisa-se assistir séries do serviço.

A pluralidade dos títulos também é enorme. Foge do escopo Hollywood e aposta em produções de vários países diferentes. No Brasil, tem dezenas de séries. Há também produções da Alemanha, Áustria, Austrália, e muitas outras, tão famosas quanto produções norte-americanas - você não tem contato cultural tão grande em outros serviços.

+++ LEIA MAIS: Explicando, série da Netflix, previu a pandemia do coronavírus

Em contramão, o catálogo não é referência em produtos de outras empresas. Nos próximos anos, isso vai se intensificar - gradualmente, canais fazem serviços próprios de streaming e retiram títulos da Netflix. É o caso do Disney + e HBO Max (com Warner, CBS e NBC, também).


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?