Pulse

Nick Cave responde fã com texto quase bíblico sobre dor, luto e superação

"A energia justa da sua raiva é uma espada flamejante que você segura acima das memórias da sua mãe", escreveu o cantor

Redação Publicado em 03/12/2019, às 12h57

None
Nick Cave (Foto: Agencia El Universal/Nadya Murillo/AFBV/AP)

Além da fama conquistada por causa da genialidade musical, Nick Cave também é reconhecido por interagir de forma honesta e bastante emocional com os fãs, pelo blog oficial The Red Hand Files. E dessa vez, como resposta a uma das mensagens que recebe no site, ele deu um depoimento extremamente pessoal sobre perda e luto.  

Hannah, autora da mensagem, perguntou como o músico fez para lidar com a dor de perder o filho Arthur, que morreu em 2015 após cair de um penhasco em Brighton, pois, como contou, a mãe dela foi assassinada em um ataque contra uma sinagoga.

+++Leia mais: Nick Cave responde mensagem de fã de 10 anos com texto tocante

"Precisei aprender a dividir essa realidade da morte dele com a cidade em si, porque afetou a todos nós. [...] O Arthur era nosso filho, nossa carne e sangue; Susie [esposa dele] e eu não queríamos dividí-lo com ninguém, fomos profundamente possessivos com a falta que ele fazia", contou.

"Demorou para percebermos que, apesar de ser nosso, ele pertencia também ao mundo. [...] Susie e eu, individualmente e juntos, precisávamos achar um jeito de estar com o Arthur, mas também de compartilhá-lo com uma multidão". 

+++Leia mais: Nick Cave repreende fã homofóbico: “Você está sendo um idiota”

E quando começou a falar sobre o caso específico de Hannah, que contou estar revoltada com a morte da mãe, Cave não poupou palavras de força, consolo e esperança: "me parece que o sentido está na raiva. Além de ser justificada, sua raiva é solidária e essencial, como você disse, te conecta à sua mãe. [...] A energia justa da sua raiva é uma espada flamejante que você segura acima das memórias da sua mãe. Talvez seja isso que proteja ela, bloqueando dela as demandas sufocantes do mundo."

"Talvez, nesse momento, sua raiva seja uma forma de manter o espírito da sua mãe seguro, de procurar por ela e o chamado dela por você. É uma raiva pura e sagrada", finalizou.

+++ TRÊS DICAS PARA NÃO SER UM 'SACO DE VACILO', POR HOT E OREIA