Nick Cave se manifesta sobre fim do Mercearia, em São Paulo: ‘Maior bar do mundo’

Cantor Nick Cave frequentou o bar Mercearia São Pedro, na Vila Madalena, quando morou em São Paulo no início da década de 1990

Itaici Brunetti Publicado em 24/08/2021, às 11h42 - Atualizado em 25/08/2021, às 10h39

None
Nick Cave e o filho, Luke, no Mercearia São Pedro, em São Paulo (Foto: Peter Semple)

Na semana passada, os paulistanos foram pegos de surpresa com a triste notícia de que o tradicional e harmonioso bar Mercearia São Pedro, na Vila Madalena, em São Paulo, poderá fechar as portas. A Justiça irá definir se o estabelecimento será vendido devido a litígio entre os irmãos donos do local. 

Situado na parte boêmia do bairro, o Mercearia São Pedro é conhecido por abrigar escritores e intelectuais. Um dos clientes assíduos foi o músico australiano Nick Cave que, durante sua moradia na cidade no início da década de 1990, frequentava o local todas as manhãs com seu filho, Luke, fruto do casamento com a ex-esposa brasileira, Viviane Carneiro.

+++LEIA MAIS: Nick Cave não acredita que é possível 'separar a arte do artista'; entenda

Ao saber da possibilidade do fechamento do estabelecimento, informado por um fã, o cantor usou seu site de respostas, The Red Hand Files, para se manifestar sobre a situação e, claro, relembrar seus tempos de 'paulistano' declarando amor ao 'maior bar do mundo', segundo palavras do próprio.

"Todos os dias, por volta das 11 horas, eu pegava Luke, que tinha cerca de dois anos na época, e juntos subíamos a rua até o Pedro's. Eu colocava Luke em um banquinho ao meu lado no bar e comíamos pastéis de queijo. O dono, Pedro, falava com Luke até os trabalhadores chegarem para o almoço," recordou Nick Cave sobre as idas diárias ao Mercearia

Em tom nostálgico, o músico prosseguiu pontuando que aqueles dias eram 'simples e bons': "Em seguida, mudávamos para uma mesa na calçada do lado de fora e nos sentávamos ao sol. Eu lia e escrevia coisas, e Luke chupava o pirulito dele. Acho que escrevi algumas letras durante esses tempos, como 'The Ship Song', 'Papa Won't Leave You, Henry' e 'Foi Na Cruz.'"

+++LEIA MAIS: Qual é o conselho de Nick Cave para ajudar na composição?

Sobre o possível fechamento do bar, Nick Cave se manifestou: "Agora, estão demolindo e construindo um prédio de apartamentos de luxo em seu lugar. Entendo que o mundo é assim - as coisas vêm e vão - e sei que enfrentamos problemas mais prementes do que a demolição de um barzinho em São Paulo. Mas, mesmo assim um pedaço da alma da Vila Madalena se perderá quando eles demolirem aquele lugar, e um pedaço da minha também."

Ao final da "carta", Nick Cave se despediu do bar de forma emocionante, como não poderia ser diferente no caso dele. "Por isso, me despeço do Mercearia São Pedro, o maior bar do mundo, e agradeço ao Pedro pela gentileza que sempre demonstrou com meu filho, Luke."

Nick Cave e o filho, Luke, no Mercearia São Pedro, em São Paulo 


+++ CONFIRA TUDO SOBRE A BANDA 5 SECONDS OF SUMMER!