Nirvana antes da fama: Dave Grohl revela quanto banda podia gastar por dia nas turnês

Antes de Nevermind e da consequente fama internacional, a banda vivia em rédeas curtas

Redação Publicado em 10/06/2019, às 16h12

None
Dave Grohl (Foto: Rex Features/AP)

Dave Grohl, frontman do Foo Fighters e ex-baterista do Nirvana, deu uma entrevista ao Bon Appétit nesta semana e relembrou o começo da carreira e os perrengues relacionados a dinheiro que passou antes da banda de Kurt Cobain estourar.

“Quando realmente aconteceu, na época que o Nirvana se tornou popular, entre o final de 1990 e o meio de 1992, foi algo gigantesco com nossas vidas. Estávamos ganhando muito dinheiro, algo que nunca tinha acontecido antes. Mas quando entrei para a banda em 1990, as coisas eram como no Scream, minha antiga banda. Tínhamos US$7,50 para gastar por dia quando estávamos em turnê, comendo dois tacos e comprando cigarro”, contou Grohl.

Nevermind, disco do Nirvana de 1991, impulsionou a banda para o estrelato e rendeu fama, reconhecimento e muito dinheiro aos integrantes. Grohl contou que ficou impressionado com a quantia que recebia, e foi aconselhado a investir em imóveis.

“Todos diziam ‘não seja idiota, você tem que comprar uma casa. Não gaste esse dinheiro a toa, compre uma casa, não seja estúpido”, relembrou. “Eu deveria ter comprado uma casa em Seattle, mas eu tinha 21 anos e não sabia nada sobre nada, e comprei uma casa na Carolina do Norte! Passei todo o verão de 1992 lá.”

O músico revelou também que foi nesse época que um de seus maiores amores nasceu: o churrasco. “[Fique as férias inteiras] comendo pulled pork [pescoço de porco defumado na churrasqueira] e em uma cabana. Eu enchia um pote disso, e comia até acabar, e aí pegava outro e comia de novo - só pulled pork em um pão e salada de repolho, era só isso. Aí percebi: ‘ah, isso é churrasco'. Tão simples, e mesmo assim, tão sublime e complexo”.

Dave Grohl gosta de fazzer churrasco para seus amigos e família, e até para funcionários de sua gravadora. Este ano, rolou uma festa que envolveu de Marilyn Manson até Machine Gun Kelly.

+++ Rocketman, Bohemian Rhapsody e mais: as maiores cinebiografias de todos os tempos