Nirvana: Como Dave Grohl lidou com morte de Kurt Cobain?

Antes de formar o Foo Fighters, Dave Grohl teve que lidar com o suicídio de Kurt Cobain, líder do Nirvana, em 1994

Redação Publicado em 21/11/2021, às 11h00

None
Nirvana (Foto: Mark Seliger para Rolling Stone EUA)

Em 5 de abril 1994, Kurt Cobain, líder do Nirnava, se suicidou e deu fim à era grunge. Ao saber da notícia, Dave Grohl, baterista do grupo se sentiu perdido e lidou com a morte do músico e amigo com reclusão. 

De acordo com o site Ultimate Classic Rock, Dave Grohl fez as malas e foi para a Irlanda, pois não suportava nem olhar para nenhum instrumento musical ou mesmo ouvir qualquer música. Ele estava perdido e tentando descobrir o que fazer com o resto de sua vida, já que o Nirvana tinha acabado de forma tão trágica. 

+++ LEIA MAIS: Nirvana: ‘Kurt Cobain ficaria orgulhoso como ‘Rape Me’ foi usada em Succession', diz Courtney Love 

Durante a viagem na Irlanda, Grohl disse que viu um caroneiro andando na beira da estrada e, quando olhou para ele, percebeu que o homem estava vestindo uma camiseta de Kurt Cobain. Ele logo interpretou isso como um sinal para voltar para casa e para aquilo que amava: a música.

Depois de passar um tempo na Irlanda, Dave Grohl voltou para os EUA, foi para um estúdio e registrou as primeiras músicas e primeira demo do Foo Fighters. Para tal, Grohl decidiu mudar um pouco:  saiu de trás da bateria e assumiu os vocais na nova banda.

Vinte e cinco anos se passaram e, atualmente, o Foo Fighters é considerada uma das maiores bandas de rock do mundo.

+++ LEIA MAIS: Nirvana: Quanto dinheiro Courtney Love perdeu da herança de Kurt Cobain?

As informações são do site Grunge