Nirvana, Hole e R.E.M. estão arrasados (e surpresos) com as gravações perdidas em incêndio de 2008

Artistas que tiveram gravações destruídas pelo fogo nos estúdios Universal lamentam a perda

Redação Publicado em 12/06/2019, às 10h18

None
Kurt Cobain e Krist Novoselic durante o programa Live and Loud, da MTV, em 1993 (Foto: Jeff Kravitz/FilmMagic, Inc)
Nirvana, Hole e R.E.M. estão arrasados (e surpresos) com as gravações perdidas em incêndio de 2008

Na última terça, 11, o The New York Times revelou uma investigação sobre o incêndio nos estúdios Universal em 2008, que destruiu um enorme acervo musical.

Após a triste notícia, artistas que perderam algumas de suas obras-primas comentaram sobre o ocorrido nas redes sociais.

Ao ser indagado no Twitter sobre as fitas mestres de NevermindKrist Novoselic, ex-baixista do Nirvana, respondeu: "Acho que elas se foram para sempre."

O R.E.M. também se posicionou. "Estamos tentando obter boas informações para descobrir o que aconteceu e o efeito que causou na nossa música, se houver. Daremos mais detalhes futuramente, quando e se tivermos", dizia a declaração.

Já um representante do Hole disse à revista Pitchfork que a banda “não sabia” que as suas gravações estavam inclusas nos arquivos incendiados.

Como resposta ao The New York Times, a Universal Music alegou que a reportagem contém “inúmeras imprecisões, declarações enganosas, contradições e mal-entendidos que dizem respeito ao escopo do incidente e dos espólios danificados."

A declaração ainda dizia que “o incidente - embora profundamente infeliz - nunca afetou a comercialização das músicas lançadas e nem a remuneração dos artistas."

+++Rocketman, Bohemian Rhapsody e mais: as maiores cinebiografias de todos os tempos