Nirvana, Kiss e Yes estão entre os indicados para entrar no Hall da Fama do Rock and Roll

Lista de nomeações ainda inclui The Replacements, Hall and Oates, Butterfield Blues Band, Chic, Deep Purple, Peter Gabriel, LL Cool J, N.W.A., Link Wray, The Meters, Linda Ronstadt, Cat Stevens e The Zombies

Rolling Stone EUA Publicado em 16/10/2013, às 09h57 - Atualizado em 17/10/2013, às 16h04

Nirvana
Anton Corbijn/Divulgação

As nomeações para a turma de novos integrantes do Hall da Fama do Rock de 2014 saiu e a lista inclui bandas como Nirvana, Kiss, The Replacements e Hall and Oates. Também estão indicados Paul Butterfield Blues Band, Chic, Deep Purple, Peter Gabriel, LL Cool J, N.W.A., Link Wray, The Meters, Linda Ronstadt, Cat Stevens, Yes e The Zombies. Os mais votados entrarão para o seleto grupo em abril, em uma cerimônia a ser realizada na cidade de Nova York.

Por dentro do relançamento repleto de raridades de In Utero.

Pelo segundo ano consecutivo, o público também terá a chance de votar, ao lado de artistas, historiadores e pessoas ligadas à indústria da música, que costumam formar o júri do Hall da Fama. Até o dia 10 de dezembro, os fãs poderão votar no site da Rolling Stone EUA para ajudar a decidir os vencedores. Os cinco mais votados ganharão o “voto dos fãs”, que contará como uma das 600 cédulas que, somadas, decidem quem formará a turma de 2014.

Entrevista: "Toda aquela música é um testemunho da visão artística de Kurt Cobain", diz Krist Novoselic sobre In Utero.

Para ser elegíveis neste ano, artistas e bandas deveriam ter lançado o primeiro single deles, ou disco, em 1988 – ou antes. Muitos dos nomeados apareceram em indicações anteriores, mas esta é a primeira vez de Nirvana, Nirvana, Peter Gabriel (que havia sido indicado como integrante do Genesis, em 2009), Hall and Oates, The Replacements, Linda Ronstadt, Link Wray, Cat Stevens, Yes e The Zombies.

Entrevista: Dave Grohl relembra a última vez que falou com Kurt Cobain.

Dentre eles, o Nirvana é o primeiro a conseguir ser indicado logo no primeiro ano de elegibilidade. O primeiro single deles foi um cover de “Love Buzz”, de Shocking Blue, que chegou às lojas no fim de 1988.

Dez shows de despedida que gostaríamos de ter visto, como o do Nirvana.

Caso seja escolhido, o Yes pode ter a primeira performance com o vocalista original, Jon Anderson, pela primeira vez desde 2004. “Eu não tenho raiva sobre a nossa exclusão”, disse o baixista Chris Squire à Rolling Stone EUA, em 2011. “Mas seria magnífico se eles pudessem incluir todos os integrantes do Yes – acho que somos em 19 ou 20.”