Nirvana: Por que John Frusciante, do Red Hot Chili Peppers, não é fã de Nevermind?

Guitarrista John Frusciante, da banda Red Hot Chili Peppers, classificou o disco 'Nevermind', do Nirvana, como "punk para crianças do colégio"

Itaici Brunetti Publicado em 22/09/2021, às 11h02 - Atualizado às 11h17

None
John Frusciante (Foto: divulgação)/ Nevermind, do Nirvana (Foto: reprodução)

Nesta semana, o disco Nevermind (1991), clássico da banda Nirvana e considerado um dos álbuns mais importantes de todos os tempos completa 30 anos. Enquanto a maioria dos fãs e músicos idolatram o trabalho, o guitarrista John Frusciante, do Red Hot Chili Peppers, não é dos maiores entusiastas do lançamento. 

Em uma entrevista antiga relembrada e legendada recentemente pelo canal do Youtube Podcast Cortes, John Frusciante contou que conheceu o Nirvana antes do grupo lançar o debut Bleach [1989], e amava a energia punk que a banda de Kurt Cobain transmitia. No entanto, para ele, a mesma energia foi perdida em Nevermind

+++ LEIA MAIS: Nirvana: afinal, banda precisa mudar capa de Nevermind?

"Naquela época eu os achava realmente ótimos. Eu os vi ao vivo em 1988, ou 1989, em um pequeno clube de Los Angeles chamado Rogie's e achei a voz [de Kurt Cobain] incrível," relembrou o guitarrista do Red Hot Chili Peppers, que está de volta à banda após anos afastado. 

Sobre o Nevermind, ele disse: "Eu não era tão fã do Nevermind quando foi lançado. Muitas pessoas me odeiam  por dizer isso, mas sendo do punk desde que eu tinha 9 anos, eu não era muito fã da ideia do punk ser para a grande massa, que é o que aquele álbum era: punk para crianças do colégio." 

O músico, considerado um dos guitarristas mais inspirados surgido no final da década de 1980 e na de 1990, prosseguiu: "Tem algumas músicas do Nevermind que eu gosto agora, mas o álbum que me fez realmente amar o Nirvana foi o In Utero (1993). Quando escutei aquele álbum simplesmente me surpreendeu." 

+++ LEIA MAIS: Nirvana: Dave Grohl relembra gravação de 'Smells Like Teen Spirit': 'Ninguém prestou muita atenção'

Na conversa, John Frusciante disse ser um grande fã do Nirvana, em especial da voz de Kurt Cobain. Ele ainda contou que tem vários bootlegs da banda em sua coleção de discos. 

"A voz de Kurt é obviamente é uma voz gritante e incrível, até no Nevermind era, mas eu realmente amo a intensidade e a realidade dela em In Utero. Não parecia ideia de um produtor. Parecia que eles estavam tocando a música que estavam tocando mesmo, e por isso, para mim, é o melhor álbum deles." finalizou.

Assista a entrevista de John Frusciante falando sobre o Nirvana, no canal Podcast Cortes do Youtube: