'Nirvana seria ruim se Kurt Cobain estivesse vivo', diz Krist Novoselic

Em entrevista, baixista Krist Novoselic falou como seria o Nirvana atualmente se Kurt Cobain não tivesse cometido suicídio em 1994

Redação Publicado em 15/09/2021, às 12h41

None
Nirvana (Foto: Mark Seliger para Rolling Stone EUA)

Krist Novoselic, baixista da banda Nirvana, relembrou a morte de Kurt Cobain em entrevista e disse que se o vocalista e guitarrista estivesse vivo, talvez o grupo fosse ruim atualmente se eles tivessem continuado juntos. 

"Se Kurt estivesse vivo, vocês ainda estariam juntos? Vocês ainda estariam tocando?," perguntou o jornalista da Spin a Krist Novoselic, em entrevista relembrada pelo canal do Youtube Podcast Cortes. "Eu não sei, realmente não sei. Nunca se sabe, mas talvez seríamos ruins.", afirmou o baixista do Nirvana

+++LEIA MAIS: Krist Novoselic derruba o próprio baixo na cabeça em show do Nirvana no VMA 1992; assista [FLASHBACK]

Kurt Cobain cometeu suicídio em 8 de abril de 1994. O corpo do músico foi encontrado em sua casa, em Seattle, EUA, três dias após sua morte. Após o fim do Nirvana, o baterista Dave Grohl montou um novo grupo: o Foo Fighters

"Olhe para o Foo Fighters e para o Dave Grohl; eles estão no topo do mundo e mantém a bandeira do rock and roll hasteada", exclamou Krist Novoselic questionando se o Nirvana teria futuro promissor caso Kurt Cobain estivesse entre nós. "Então, é difícil de especular," disse. 

Sobre o frontman do Nirvana, Novoselic concluiu em tom emocionado: 'Gostaria que Kurt estivesse vivo e fosse um monge em algum lugar, qualquer monge. Ele teria sido um ótimo monge. E ele poderia ter sido um grande pintor ou escultor. Ele era um artista tão talentoso e poderia ter feito qualquer coisa que quisesse. Ele não precisava ter feito o que fez."

+++LEIA MAIS: Nirvana: Como banda se sentia em relação ao MTV Unplugged?

Assista a entrevista de Krist Novoselic para a Spin, repostada e legendada pelo Podcast Cortes