NOFX lança disco após depressão e abuso de drogas de Fat Mike: 'Eu estava em um lugar escuro' [ENTREVISTA]

O vocalista Fat Mike conta à Rolling Stone Brasil como esse período 'pesado' fez surgir 'Single Album', novo disco de inéditas do NOFX

Itaici Brunetti | @itaicibrunetti Publicado em 27/02/2021, às 10h00 - Atualizado às 10h56

None
NOFX (Foto: Jonathan Weiner)

Embora o NOFX se divirta muito quando está em cima do palco, a música da banda californiana vai em sentido contrário à diversão com letras sociopolíticas que tratam de assuntos sérios. Temas esses que foram intensificados em Single Album, novo disco lançado nesta sexta, 26, pois o trabalho foi composto durante uma fase "pesada" que o vocalista Fat Mike enfrentou.

"Quando compus Single Album eu estava em um lugar muito escuro", revela Fat Mike em entrevista à Rolling Stone Brasil. "Passei por um divórcio e me senti muito solitário. Entrei em depressão. Fiquei noites sem dormir e após cinco dias eu senti que estava naufragando. Eu usei muitas drogas nesse período e escrevi músicas depressivas", relata o cantor do outro lado da tela do computador. 

+++LEIA MAIS: Bad Religion celebra 40 anos de punk rock com shows online e biografia: 'Fãs são nosso entusiasmo' [ENTREVISTA]

Regado a muita vodca e cocaína, como o próprio vocalista detalhou, o processo de composição e gravação de Single Album foi demorado - e doloroso, mas o resultado o agradou bastante e, após passar por uma clínica de reabilitação, se levantou.

"Eu nunca tive problema com drogas, mas o maior problema foi estar sozinho. Entrei em depressão porque me senti sozinho", afirma Fat Mike. "Agora estou sóbrio há meses e estou gostando de estar sóbrio. Um monte de coisas não são divertidas quando você não está sóbrio", disse ele em tom de gratidão. 

Capa do Single Album

Com 10 faixas, Single Album apresenta o conhecido punk rock veloz feito pelo NOFX há quase quatro décadas, porém, com letras mais obscuras dessa vez. 

"Não fazemos álbuns ou músicas engraçadas. Somos engraçados nos shows, mas nossas músicas são tristes e depressivas", explica Fat Mike, e continua: "Somos meio como o cineasta Michael Moore, que faz documentários brilhantes sobre assuntos sérios, mas de uma forma divertida, e isso funciona perfeitamente". 

A faixa "Fuck Euphemism", mais recente single do disco, por exemplo, fala sobre poder ser quem quiser e se vestir como quiser. "O problema do mundo é que as pessoas querem que você seja como elas esperam. As pessoas querem te dizer como você deve ser e como deve se vestir. Eu sou um 'cara', mas gosto de usar roupas de mulheres", afirma o vocalista adepto do crossdressing. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Tentativa de um The Wall

Composto e gravado antes do surgimento da pandemia do coronavírus, Single Album, lançado pela Fat Wreck Chords, era para ter sido, a princípio, um disco duplo, mas Fat Mike foi convencido pelo amigo e músico M. Shadows, vocalista do Avenged Sevenfold, a não lançá-lo nesse formato. 

"Escrevi mais de 30 músicas e mostrei ao vocalista do Avenged Sevenfold, que é uma das minhas bandas preferidas. Ele adorou, mas me falou que seria melhor lançar um álbum simples. Então, acatei", recorda Mike. "Acho que as pessoas conseguem curtir melhor um álbum simples como se fosse uma peça de arte única e não dividida em duas", completa. 

Sobre a ideia inicial do disco, ele brinca que era grandiosa, mas não teve sucesso: "Eu estava tentando fazer um álbum duplo perfeito, mas é impossível. Apenas o Pink Floyd conseguiu com o The Wall. Aquilo é incrível."

+++LEIAMAIS: The Offspring lançará 1º disco de inéditas em quase uma década

Outro álbum?

Com a pandemia do coronavírus impossibilitando a realização de shows ao vivo, festivais e turnês pelo mundo, resta ao NOFX se concentrar em novas músicas, mesmo tendo acabado de lançar um álbum de inéditas.  

"Provavelmente começaremos a gravar um novo álbum na próxima semana. Não podemos fazer turnês por enquanto, então vamos gravar outro álbum", adianta Fat Mike.

Sobre os shows agendados para 2021, ele comenta: "Espero conseguir fazer o Punk Rock Bowling [festival de música em Las Vegas, EUA, que além de NOFX terá Devo e Circle Jerks no line-up] em setembro, e também as datas na Europa e na Austrália no fim do ano."

Outra atividade que tem mantido Fat Mike ocupado é o Museu do Punk Rock em Las Vegas, que o próprio está organizando. Com a ajuda de músicos e amigos, ele tem coletado objetos que contarão a história dos 50 anos do punk. 

+++LEIAMAIS: As outras facetas de Billie Joe Armstrong, vocalista do Green Day [LISTA]

"Trump de vocês"

Para os fãs brasileiros, o vocalista diz que está com saudade e não vê a hora de poder voltar ao Brasil, mas está ciente das dificuldades impostas pela Covid-19 no momento.

Anti-Donald Trump, Fat Mike finaliza dizendo que "o mundo todo está aliviado pelo ex-presidente dos Estados Unidos não estar mais no poder", mas lamenta: "Agora vocês têm o Trump de vocês", se referindo ao presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. "Eu sinto muito meus amigos".


+++ KANT: 'AQUELES QUE NOS DÃO MAIS ATENÇÃO SÃO OS QUE MAIS CRITICAM' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL