Nos EUA, adolescentes deixam de comprar CDs

48% dos adolescentes do país não comprou discos em 2007, quando venda de mp3 alcançou 29 milhões de internautas

Da redação Publicado em 02/03/2008, às 16h06

De acordo com relatório publicado no Los Angeles Times, 48% dos adolescentes estadunidenses não compraram CDs em 2007. Em 2006, 38% dos jovens haviam abandonado os discos. A pesquisa foi baseada em números divulgados pela Nielsen SoundScan e pela NPD Group.

A notícia é dada na mesma semana em que a loja virtual iTunes alcança o segundo lugar de vendas entre todas as varejistas de música dos EUA, estando atrás apenas do Wal Mart.

A população norte-americana comprou 19% de discos a menos em 2007 do que no ano anterior; no mesmo período, a venda de mp3 aumentou 45%.

Os executivos de gravadoras podem dormir mais tranqüilos. A quantidade de pessoas que compra legalmente músicas digitais aumentou em 21%, nos EUA. 29 milhões de internautas compraram arquivos digitais no último ano. Ao todo, mais de um milhão de estadunidenses, entre adolescentes e adultos, deixaram de comprar CDs em 2007.

A reportagem do LA Times apurou que os principais motivos da troca de discos por música digital são a comodidade de não precisar digitalizar as músicas para tocá-las em mp3 players e também o desejo de consumir somente os hits dos álbuns, em vez de discos inteiros.