Brit Awards 2008

Arctic Monkeys levou dois troféus para casa; Paul McCartney recebeu prêmio especial e fechou a noite com sucessos dos Beatles

Da redação Publicado em 21/02/2008, às 12h12

Arctic Monkeys levam dois dos principais prêmios da noite
AP

O Brit Awards 2008, que aconteceu ontem na Inglaterra, foi do Arctic Monkeys. A banda levou os dois prêmios para os quais foi indicada, o de melhor grupo e melhor álbum, por Favorite Worst Nightmare. Ao receberem um dos prêmios, Alex Turner e seus companheiros disseram: "Somos os mais fantásticos".

O Foo Fighters também recebeu dois Brits, os de melhor grupo e álbum (Echoes, Silence, Patience & Grace) internacionais. A boyband Take That, da qual já fez parte o cantor Robbie Williams, recebeu quatro indicações, e ficou com os prêmios de Melhor Performance ao Vivo e Melhor Single, com a música "Shine".

Kylie Minogue recebeu o troféu de melhor cantora internacional. Kanye West recebeu o mesmo prêmio na categoria masculina. Mark Ronson foi escolhido como melhor cantor britânico, e Kate Nash, como melhor cantora.

Apresentações

AmyWinehouse, vencedora de cinco Grammys, cantou as músicas "Valerie" e "Love is a Losing Game", do aclamado Back to Black. Klaxons e Rihanna apresentaram-se juntos, fazendo uma mistura das músicas "Golden Skans" e "Umbrella".

O ponto alto da noite foi a apresentação de Paul McCartney, que encerrou a cerimônia de premiação. Os ouvintes, cerca de 8 mil, conferiram trechos dos sucessos "Hey Jude", "Lady Madonna" e "Get back", dos Beatles, e "Live and let die", de sua carreira solo. Paul também recebeu um prêmio especial por sua "excepcional contribuição" à música. "A música britânica é a melhor", afirmou o cantor, que também se declarou privilegiado por ter feito parte dos Beatles.

O Brit Awards 2008 foi apresentado no pavilhão Earl Court, centro de Londres, pela família Osbourne - Ozzy, Sharon, Kelly e Jack.