Novo 007 é cancelado

Vigésimo terceiro filme da franquia James Bond não vai sair do papel por conta dos problemas financeiros da MGM

Da redação Publicado em 05/07/2010, às 19h03

James Bond em ação, no filme 007 - Quantum of Solace, de 2008

Ver Galeria
(2 imagens)

A franquia James Bond está definitivamente ameaçada - e não é por um vilão inimigo do agente. O 23º filme da cinessérie baseada no personagem do escritor Ian Fleming foi cancelado por conta dos problemas financeiros dos estúdios MGM, informou o site do jornal The Guardian.

Em abril, foi anunciado que as gravações do filme seriam interrompidas por tempo indeterminado. Mas com o endividamento da MGM - as dívidas giram em torno de US$ 3,7 bilhões -, que detém os direitos sobre os filmes do 007, a produção acabou sendo cancelada.

O longa-metragem seria gravado no Afeganistão. Havia a possibilidade de participação da atriz Freida Pinto, de Quem Quer Ser Um Milionário?. A direção estava a cargo de Sam Mendes e, inicialmente, o lançamento estava agendado para o final de 2011, coincidindo com os 50 anos da série de filmes.

A última fita da franquia foi 007 - Quantum of Solace, de 2008, com Daniel Craig como protagonista, em seu segundo filme na pele do agente (o primeiro foi Cassino Royale, de 2006). Craig tem 42 anos - o que, dependendo de quanto demorar para que um novo filme seja feito, pode ser um empecilho para seu retorno ao papel.