Novo álbum do Green Day inspira exposição

O desenhista Logan Hicks montou mostra com peças dedicadas ao último álbum do trio, 21st Century Breakdown

Da redação Publicado em 25/09/2009, às 20h23

O novo álbum do Green Day, 21st Century Breakdown, , foi base de inspiração para exposição com 21 peças de arte. A mostra será realizada na StolenSpace, galeria londrina, entre 22 de outubro e 1º de novembro.

"Ver as obras inspiradas pelo novo álbum é muito emocionante. Sentimos forte conexão com este tipo de expressão criativa", comentou Billie Joe Armstrong, frontman do trio norte-americano, em fala reproduzida pelo site Spinner.

A curadoria ficou a cargo do artista plástico Logan Hicks, que também participa como artista e vem da mesma terra natal da banda, Califórnia. Especialista em desenhos em estêncil, Hicks mora, atualmente, em Nova York, e se descreve como fã de carteirinha do punk rock, em seu Flickr.

"Escolhi artistas que senti terem atitude visual próxima da arte ao que o Green Day faz com sua música", Hicks explicou o critério da curadoria, que selecionou o ilustrador britânico Will Barras, o artista de NY Ron English e o coletivo de arte de rua The London Police (baseado em Amsterdã), entre outros nomes de prestígio no meio.

"Ainda que a maioria dos artistas representados tenham carreiras bem estabelecidas, eles abraçam o mesmo tipo de crueza emocional com sua arte, o que fala do coração e mexe com os punhos", ponderou Hicks.

Não é a primeira manifestação artística gerada a partir de um álbum de estúdio do trio. American Idiot, disco de 2004 dedicado a destrinchar a gestão do presidente norte-americano da época, George W. Bush, virou musical - encenado este mês na cidade de origem do grupo, Berkeley.