“Novo disco terá muito hardcore”, diz Digão sobre o novo álbum do Raimundos

Banda participou do programa +Ao Vivo e revelou detalhes de Cantigas de Roda, que será produzido pelo líder do Biohazard

Redação Publicado em 18/07/2013, às 09h02 - Atualizado às 13h12

<b>ATIVOS</b> O Raimundos embarcou no projeto de Rafael Ramos
FABIO BITÃO/DIVULGAÇÃO

A banda Raimundos participou na noite desta quarta-feira, 17, do programa +Ao Vivo, do Google+, com participação ao vivo da reportagem da Rolling Stone Brasil – é possível assistir ao episódio, na íntegra, no player abaixo.

As 15 separações mais conturbadas do rock.

O grupo de Brasília está prestes a lançar um crowdfunding para viabilizar o mais novo álbum, o primeiro de estúdio com canções inéditas desde Kavookavala, lançado em 2002. Cantigas de Roda terá a ajuda dos fãs para sair do papel e contará com a produção de Billy Graziadei, líder do Biohazard.

"Rodolfo não sabe o que é amor", diz Digão, do Raimundos.

O grupo aproveitou para mostrar, pela primeira vez ao vivo, uma música dessa nova safra. “Politics” une o peso das guitarras (no caso do +Ao Vivo, foram usados violões) com versos velozes e rebeldes cantados por Digão, como “cabeças vão rolar quando o povo se rebelar” e “grite também por mudança”.

A temática da canção, um protesto contra a corrupção no país, surgiu antes mesmo que as manifestações tomassem conta das principais cidades brasileiras, em junho. “Essa música é de dezembro”, explicou o baixista Canisso. A banda contou que até precisou alterar a letra depois, porque dizia que “o povo paralisado não protesta”. “São poucas as bandas que têm coragem de tomar um posicionamento”, criticou o baixista.

Em 2012, o Raimundos lançou um disco com o Ultraje a Rigor. Saiba mais.

Cantigas de Roda chega depois de a banda lançar o DVD Roda Viva (2011), que funcionou, segundo eles, para reposicionar a banda após a volta de Canisso, que havia ficado ausente de 2003 a 2007. Neste trabalho, eles apresentaram uma música inédita, “Jaws”, também bastante pesada.

“‘Politics’ não é a mais pesada”, explicou Digão. “É uma nova fase, uma nova vertente, mas o álbum terá músicas pesadonas, terá muito hardcore.”

O novo disco sairá em apenas 3 mil cópias, destinadas àqueles que participarem do crowdfunding. A previsão é que a banda vá a Los Angeles para gravar Cantigas de Roda em setembro. “Vamos ficar independentes dessa parada de rádio”, disse Digão.

Assista ao vídeo do programa no player abaixo: