Novo do AC/DC não será vendido só no Wal-Mart

Nos Estados Unidos, lojistas estão encomendando versões importadas de Black Ice para barrar restrição da gravadora

Da redação Publicado em 06/10/2008, às 18h28

De acordo com o website australiano Undercover News, donos de lojas de disco norte-americanas planejam importar cópias do novo álbum do AC/DC, intitulado Black Ice, para vendê-las. Nos Estados Unidos, a comercialização do disco é restrita à rede de varejo Wal-Mart, situação que não se repete em nenhum outro lugar do mundo.

Uma fonte não-identificada contou ao Undercover que vai importar Black Ice da Argentina por US$ 8,25, e que este valor permitirá que o disco seja vendido a preços mais baixos do que no Wal-Mart, devido a alta do dólar, impulsionada pela crise financeira norte-americana.

"Podemos comprar de onde quisermos. Com a tecnologia e contas internacionais, se uma gravadora como a Sony não quiser fazer negócio conosco, vamos negociar com outros territórios. Por que permitir que prejudiquem nossos negócios e irritem nossos clientes?", questionou a fonte não-identificada.

Black Ice, o primeiro disco de inéditas do AC/DC desde 2001, sai em 20 de outubro nos EUA.