Novo documentário sobre Johnny Cash chega à TV norte-americana em setembro

American Rebel traz entrevistas com Willie Nelson e Eric Church, além dos familiares dele John Carter Cash, Rosanne Cash e Carlene Carter

Rolling Stone EUA Publicado em 18/08/2015, às 18h07 - Atualizado às 18h14

Johnny Cash

Ver Galeria
(10 imagens)

A vida extraordinária e a música inesquecível de Johnny Cash serão explorados em um novo documentário. Segundo o USA Today, a CMT fará a estreia de Johnny Cash: American Rebel em 12 de setembro, coincidindo com o 12º aniversário de morte do Man in Black.

Conheça cinco discos essenciais de Johnny Cash.

Os quase 50 anos de carreira de Cash serão explorados por meio de entrevistas originais com os membros da família John Carter Cash, Rosanne Cash e Carlene Carter, além de reflexões de contemporâneos dele, entre eles Merle Haggard, Willie Nelson e Kris Kristofferson.

Também serão inclusos no filme figuras como Eric Church, Sheryl Crow, John Mellencamp e Rodney Crowell.

Nascido em Kingsland, Arkansas, em 1932, Cash começou a carreira de cantor enquanto esteve na Força Aérea, na Alemanha. Depois de ser despedido, ele mudou-se para Memphis, onde começaria a gravar para a Sun Records. Em 1955, ele chegou ao primeiro lugar das paradas de country com “"Cry! Cry! Cry!” e logo teria um grande hit com “I Walk the Line”.

Dez canções que definem a essência de Johnny Cash.

Mais de 1,5 mil canções se seguiriam, incluindo “A Boy Named Sue”, “Sunday Morning Coming Down” e uma das últimas, “Hurt”, a qual foi acompanhada por um vídeo vencedor de prêmio. Autor, ator e humanitário, Cash encontraria a alma gêmea em June Carter. Eles se casaram em 1968 e ele morreu apenas quatro meses depois dela, em setembro de 2003, aos 71 anos.

Johnny Cash: American Rebel estreia em 12 de setembro nos Estados Unidos, no canal CMT.