Novo EP 'good vibes' de Ringo Starr é tudo o que precisamos ouvir em tempos desesperançosos [REVIEW]

Ex-beatle lançou o EP "Zoom In" nesta sexta, 18, com participações de Paul McCartney, Dave Grohl, Sheryl Crow, Lenny Kravitz e Ben Harper

Itaici Brunetti | @itaicibrunetti Publicado em 20/03/2021, às 13h00

None
Ringo Starr no Grarmy 2021 (Kevin Winter/Getty Images for The Recording Academy)

Menos de uma semana após surgir no palco do Grammy Awards 2021 para entregar o principal prêmio da noite, Ringo Starrdeu ao mundo Zoom In, novo EP repleto de mensagens positivas e esperançosas em um mundo aflito pelas incertezas causadas pela pandemia do coronavírus. 

Zoom Inapresenta somente cinco faixas, mas é o suficiente para abrilhantar o dia do ouvinte com a sonoridade otimista que se espera de Ringo Starr, o beatle mais 'paz e amor'. E, para acompanhá-lo nessa missão de disseminar a 'buena onda', convidou alguns dos maiores astros da música como Dave Grohl (Foo Fighters), Sheryl Crow, Lenny Kravitz, Ben Harper e o ex-companheiro Paul McCartney.  

Também participam do trabalho Joe Walsh, Finneas (irmão e produtor de Billie Eilish), Chris Stapleton, Jenny Lewis, Corinne Bailey Rae, Eric Burton e Yola. 

+++LEIA MAIS: Ringo Starr não liga em não ser reconhecido: ‘Ninguém conhece todo mundo’

A primeira faixa, Here’s to the Nights, escrita por Diane Warren, compositora do hit "I Don't Wanna Miss a Thing", do Aerosmith, já conta com o "dream team" de convidados. Nela, todos cantam em coro o refrão de ar nostálgico e celebração aos amigos: "Às noites que não lembraremos / Com amigos que não esqueceremos / Que eu pense neles para sempre, como os dias que foram os melhores." 

Na segunda faixa, "Zoom In Zoom Out", que inspirou o título do EP, Ringo fala sobre a importância que a ferramenta online Zoom ganhou na vida das pessoas durante o isolamento social, as conectando e aliviando a saudade. Inclusive, foi através da plataforma que o ex-beatle se conectou com os convidados ilustres que participam do trabalho. 

+++ SIGA NOSSO SPOTIFY - conheça as melhores seleções musicais e novidades mais quentes

Outro momento "para cima" é o reggae motivacional "Waiting For the Tide To Turn",  quarta faixa e uma homenagem a Bob Marley, como a própria letra diz. Em certo momento, o ex-baterista exalta: "Vamos fazer um pouco de reggae para ser um dia melhor." A música é um dos pontos altos de Zoom In

O único momento de reflexão é em "Not Enough Love In The World", que encerra o EP. Mesmo com uma letra tristonha que diz: "Todos os dias, as notícias sempre soam iguais/ Você parece tão distante, estamos nos partindo em dois", Ringo consegue fazer com que soe divertida, como se fosse uma canção de humor.

Zoom In é daqueles discos que dá vontade de colocar o fone, apertar o play e sair caminhando pelas ruas em uma manhã ensolarada de sábado, sorrindo e dando "bom dia" para todas as pessoas que encontrar pela frente - em um futuro sem pandemia, máscaras de proteção ou quaisquer preocupações, claro. 

+++LEIA MAIS: Ringo Starr elogia documentário dos Beatles de Peter Jackson: 'Faz lembrar como nos amávamos'


+++ HUNGRIA HIP HOP | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL