Pulse

Novo filme de Star Wars ainda será lançado em 2015, garante presidente da Disney

Saída do roteirista Michael Arndt colocou dúvidas sobre a possibilidade de que o sétimo episódio da franquia tivesse o lançamento adiado

Rolling Stone EUA Publicado em 01/11/2013, às 10h43 - Atualizado às 10h47

Galeria – Atores marcados por um único personagem – Mark Hamill, Luke Skywalker
Reprodução

Robert Iger, presidente da Disney, mantém a palavra de que Star Wars: Episódio VII chegará aos cinemas em 2015. As informações são do The Hollywood Reporter. A ordem vem logo depois da saída de Michael Arndt, roteirista que deixou a franquia com a história em estado bastante inacabado.

Galeria: Dedo no botão de pause: dez cenas com erros, curiosidades e bizarrices escondidas que nos fazem parar e voltar mil vezes.

Embora os produtores do filme tenham pedido para que o longa tivesse o lançamento adiado para 2016, Iger ainda quer o Episódio VII nos cinemas no ano que vem. Supõem-se que ele teria criado um plano para que os três próximos filmes da franquia (e outras duas produções cinematográficas) sejam lançadas em um período de seis anos.

Galeria: As mais deliciosas comidas e bebidas criadas na ficção – veja qual é a de Star Wars.

Arndt passou grande parte do ano passado trabalhando no roteiro de Episódio VII. Foi ele também o responsável por escrever o texto de 40 a 50 páginas para a Disney apresentar na compra da franquia, em 2012. Mas, como ele é um roteirista freelancer, que recebe, segundo o THR, US$ 300 mil por semana, ele decidiu seguir em frente.

Agora, o prazo de Iger fez com que o diretor J.J. Abrams supervisionasse o roteiro escrito por Lawrence Kasdan, coautor de O Império Contra-Ataca. Abrams também concorda com a ideia do presidente, de que o filme deve sair em 2015, ano em que também chegarão outros grandes blockbusters de Hollywood, como o último Jogos Vorazes, o novo Os Vingadores e o filme que mostrará o duelo de Batman e Superman nas telonas.

Arquivo RS: em 1983, George Lucas estava às voltas com O Retorno de Jedi, desfecho da primeira trilogia Star Wars. Ele já se preocupava com o futuro da saga e como aproveitaria o tempo livre quando deixasse essa história para trás.

Desde que foram anunciados, contudo, os próximos filmes da franquia criada por George Lucas foram alvos de rumores por todos os lados. Alguns dizem que serão incluídas histórias sobre as origens de alguns personagens. Outros sugerem que os filmes derivados poderão focar em Yoda.

O maior deles gira em torno do debate sobre quais atores estarão presentes no filme – algo que o silêncio de Harrison Ford, em entrevista no programa apresentado por Jay Leno, deixou implícito. Ainda assim, Abrams diz estar confiante de que o filme será “emocionante” e “autêntico”.