Novo filme de Woody Allen se torna a maior bilheteria mundial durante a pandemia do novo coronavírus

Um Dia de Chuva em Nova York foi exibido nos cinemas da Noruega e Coreia do Sul

Redação Publicado em 14/05/2020, às 11h48

None
Timothée Chalamet em Um Dia de Chuva em Nova York (Foto: Reprodução)

Woody Allen foi responsável pela maior bilheteria mundial do último fim de semana, segundo o Box Office Mojo. Um Dia de Chuva em Nova York foi exibido na Noruega e Coreia do Sul, países que ainda possuem salas de cinema abertas, e arrecadou US$ 339,6 mil.

A Noruega permitiu a retomadas das atividades dos cinemas na quinta-feira, 7. Contudo apenas 30 sala foram liberadas, ou seja, 15 % do total de telas disponíveis no país europeu, de acordo com o Deadline

+++ LEIA MAIS: Woody Allen afirma que o motivo pelo qual casou com a filha adotiva é "estritamente financeiro"

Já a Coreia do Sul não ordenou o fechamento dos cinemas, mas os próprios cidadãos tomaram a iniciativa de ficar em casa e evitar aglomerações, o que resultou na queda de 65% nas bilheterias do país. 

Com Elle Fanning, Jude Law, Timothée Chalamete Selena Gomez  no elenco, Um Dia de Chuva em Nova York foi gravado em 2018, mas teve a estreia cancelada nos Estados Unidos após Allen ter sido acusado de abusar sexualmente da filha Dylan Farrow. Além disso, a Amazon Studios cancelou o contrato com o diretor, que encomendava mais três filmes. 

No ranking geral, Bad Boys Para Sempre e Sonic, filmes que estrearam nos cinemas antes da pandemia, lideram a lista de filmes com maiores bilheterias de 2020. 

+++ LEIA MAIS: Filme mais assistido no cinema no Brasil teve somente 62 espectadores; conheça


+++ O TERNO | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL