Novo filme de Woody Allen tem distribuição cancelada pela Amazon Studios

O cineasta é acusado de vários casos de assédio sexual, incluindo denúncias de sua própria filha

Redação Publicado em 21/05/2019, às 16h14

None
Woody Allen (Foto:Barry Brecheisen/AP)

Cercado de polêmicas, o cineasta Woody Allen teve a distribuição de seu novo filme A Rainy Day in New York cancelada pela Amazon Studios

O diretor é acusado de casos de assédio sexual revelados pelos movimentos Me Too e Time's up, que denunciam os abusos cometidos nos bastidores de Hollywood, e com isso, a instituição resolveu devolver ao cineasta os direitos de reprodução do longa. Assim, ele poderá seguir com o projeto de forma independente ou com outra distribuidora.

+++ Modelo conta que teve um caso com Woody Allen aos 16 anos 

A Amazon declarou que "a atenção voltada às alegações de que Allen molestou sua filha, Dylan Farrow, e os comentários sobre o movimento #MeToo tornou o filme impossível de ser comercializado". 

A Rainy Day in New York apresenta Selena Gomez, Elle Fanning, Timothée Chalamet e Jude Law em seu elenco. No entanto, a produção ganhou previsão de estreia no Brasil, pela distruibodora Imagem Filmes, no dia 26 de dezembro. Alterações na data ainda podem ser feitas. 

No Estados Unidos, o lançamento ainda é incerto. Já três países europeus garantiram a distribuição do filme: França (pela Contracorriente Films), Itália (Lucky Red) e Alemanha (Filmwelt/NFP).

Segundo informações do TMZ, o cineasta entrou com o processo de US$ 68 milhões contra o estúdio devido o cancelamento.