Pulse

Beatles não souberam o que dizer a Elvis Presley quando o encontraram: ‘Silêncio constrangedor’

Os Fab Four já haviam superado o Rei do rock and roll quando o conheceram, mas ficaram nervosos como qualquer fã ficaria

Redação Publicado em 02/12/2019, às 10h35

None
Os Beatles e Elvis Presley (foto: montagem/reprodução)

Os Beatles já eram muito grandes em 1965, com várias músicas em primeiro lugar na Billboard Hot 100, feito que nem Elvis Presley havia conseguido. Mas mesmo assim eles ficaram nervosos como qualquer fã normal ao conhecer o Rei do rock and roll.

Durante uma parada na turnê mundial em Los Angeles, em agosto daquele ano, os rapazes de Liverpool foram recebidos na mansão de Elvis no bairro de Bel Air.

+++LEIA MAIS: Por que Paul McCartney não usava drogas como os outros integrantes dos Beatles?

Todos os membros da banda ficaram muito nervosos. Paul McCartney contou anos depois que notou uma certa cautela por parte de Presley, mas guarda apenas boas memória do encontro dele com “nosso Beatles] maior ídolo.”

Além disso, todos os outros presentes no episódio se lembram do constrangimento entre Presley  e John, Paul, GeorgeRingo.Elvis assistia TV sem som, e ninguém sabia o que fazer ou dizer. “A gente ficou só observando ele”, disse Lennon, e Tony Barrow, o assessor dos Beatles, se lembra do “silêncio constrangedor” entre os astros da música.

+++LEIA MAIS: Qual disco dos Beatles é o favorito de John, Paul, George e Ringo?

Porém, tudo se encaixou quando eles começaram a tocar juntos. Elvis ligou um baixo no amplificador, Paul começou a conversar com ele e quis mostrar solos, e logo o Rei pediu que guitarras fossem dadas a todos.

“Até aquele momento, a festa estava bem chata e sem vida", disse Barrow em entrevista à BBC. “Mas a atmosfera ficou mais viva quando começaram a fazer música. Não lembro de todas as coisas que eles tocaram, mas uma das faixas foi ‘I feel fine‘.”

+++LEIA MAIS: O que John Lennon achava do Led Zeppelin depois do fim dos Beatles?

E mesmo 10 anos após o encontro, John Lennon ainda se lembrava vividamente da noite. “Eu me lembro dele sentado e tocando baixo e eu pensava ’É o Elvis!Elvis!’ e realmente era. Ele estava ótimo naquela noite, bem descontraído e em forma.” 

 +++ TRÊS DICAS PARA NÃO SER UM 'SACO DE VACILO', POR HOT E OREIA