O dia em que David Bowie e Iggy Pop foram presos por posse de maconha

Em março de 1976, os dois astros reuniram alguns conhecidos em um quarto de hotel em Nova York - mas o final desse encontro não foi como o esperado

Redação Publicado em 22/03/2020, às 15h00

None
David Bowie (Foto:AP)

Ao olhar para trás, é possível que David Bowie não tivesse motivos para lembrar com tanto carinho assim de Ronchester, cidade do interior do estado de Nova York. Segundo resgatado pela Far Out Magazine, foi lá que a história da música e da moda ganharam um detalhe a mais: em março de 1976, Bowie e Iggy Pop foram presos por portar cerca de 220 gramas de maconha.

+++ LEIA MAIS: O dia em que David Bowie fumou maconha pela primeira vez com John Paul Jones - antes do sucesso de Led Zeppelin

Para dar veracidade a história, em 2018, o escritor e diretor Matthew Ehlers teve acesso aos arquivos do porão do WHEC e, no meio da busca, encontrou um filme de 16 mm de Bowie sendo entrevistado.

+++LEIA MAIS: O dia em que Jimmy Page e David Bowie tocaram juntos antes da fama; ouça

Assista ao vídeo abaixo:

Mas o que aconteceu? Após Bowie se apresentar no Community War Memorial, juntamente com Pop, eles deram uma festa na suíte do hotel Flagship Americana. Tempo depois, quatro detetives invadiram o quarto e prenderam Bowie, Pop e o segurança, Dwain Vaughns

+++ LEIA MAIS: As 29 músicas favoritas de David Bowie em 1979: com John Lennon, Iggy Pop e mais

Eles passaram algumas horas em uma cela, mas foram libertados logo depois. "Tenha certeza de que [as drogas] não eram minhas. Não posso dizer muito mais, mas pertencia a outras pessoas que estavam lá". 

Veja abaixo a foto de Bowie na prisão:


+++ GUNS N' ROSES: 11 FATOS QUE VOCÊ PRECISA SABER SOBRE A ATRAÇÃO DO LOLLAPALOOZA 2020