O dia em que Justin Timberlake abriu show dos Rolling Stones - e atacaram urina nele

O cantor tinha saído do NSYNC havia pouco, e não agradou o público roqueiro

Redação Publicado em 17/02/2020, às 19h07

None
Justin Timberlake (Foto: John Salangsang / Invision / AP)

Um dos primeiros shows de Justin Timberlake fora do NSYNC foi um evento beneficente em 2003. Tocaram, naquele dia, grandes nomes do rock como AC/DC, Rush e Rolling Stones. E o público não gostava nada de pop, como explicou o cantor a Graham Norton nesta semana.

“Lembro de dizer à banda antes de subirmos ao palco: ‘Não acho que isso vai ser bom’. Tinha pouca ideia de quão ruim seria. Esse festival estava recebendo 500 mil pessoas, então era louco. De repente, garrafas com urina foram jogados ao palco... Nem sempre foram boas experiências para mim, pessoal", contou Timberlake.

+++ LEIA MAIS: A noite em que os Rolling Stones expulsaram Donald Trump: ‘Ou ele ou nós’, ameaçou Keith Richards

Os organizadores sugeriram para Timberlake parar o show. Recusou: “Estava no microfone, andando e cantando ao mesmo tempo. Estava impressionado comigo. Então, na segunda canção, eu tocava em um piano, sentado. Então pensei: ‘Ah, não, estou imóvel’, lembrando que estavam jogando garrafas de urina em mim.”

A saraivada, eventualmente, cessou: ”Uma de duas coisas aconteceram: ou perderam o ânimo porque sabiam que eu continuaria no palco, ou ficaram sem urina,” concluiu o astro.

+++ SESSION ROLLING STONE: RUBEL TOCA MANTRA