O dia em que Marilyn Monroe cantou 'Happy Birthday, Mr President' [FLASHBACK]

Há exatos 59 anos, Marilyn Monroe fez a performance icônica da canção “Parabéns a você” para John F. Kennedy - e apresentação ficou marcada na história

Camilla Millan Publicado em 19/05/2021, às 15h13

None
Marilyn Monroe (Foto: AP Images)

Em 19 de maio de 1962, Marilyn Monroe cantou "Happy Birthday, Mr. President" ao então presidente norte-americano John F. Kennedy em uma festa em homenagem ao chefe de Executivo, que completaria 45 anos 10 dias depois. 

Na época do convite para a festa do presidente, Monroe estava no meio das filmagens de Something's Got to Give, produção norte-americana não-finalizada. O filme seria um remake de Minha Esposa Favorita (1940), e enfrentou gravações conturbadas devido aos problemas de saúde e sumiços da cantora, protagonista da produção.

+++LEIA MAIS: Marilyn Monroe quase virou dona de casa por causa de ciúme do marido

Apesar de receber críticas por interromper as filmagens, Monroe entregou uma das performances mais icônicas da carreira na festa de John F Kennedy. Afinal, se alguém poderia transformar a infantil canção de “Parabéns a você” em uma apresentação potente e sexy, essa pessoa certamente seria a atriz. 

Conforme noticiado pela revista Life, assim que Marilyn Monroe foi chamada ao palco para realizar a performance, a plateia se silenciou. Era como se todos soubessem o esforço da estrela - que treinou durante horas - e previssem um momento espetacular pela frente.

+++ LEIA MAIS: Vídeo mostra Amy Winehouse adolescente cantando "Parabéns a Você" à Marilyn Monroe

Após subir ao palco, Marilyn Monroe tirou o casaco branco de pele e começou a performance com o memorável (e ofegante) “Happy Birthday to You” (Parabéns para você, em português). Depois, começou a serenata sedutora, seguida de uma paródia da canção "Thanks for the Memory". Segundo diversos veículos da época, a cena foi tão surpreendente que era como se apenas ela e Kennedy estivessem no local.

Vestido de Marilyn Monroe

Não só o aspecto sedutor da apresentação chamou a atenção, mas a presença de palco - evidenciada, principalmente, por um vestido também ganhou destaque. Colado ao corpo e na cor de pele, o vestuário foi desenhado pelo estilista Jean Louis e custou US$12 mil na época. Segundo noticiários, a roupa foi um “escândalo”, pois fazia parecer que a estrela estivesse nua.

+++LEIA MAIS: Cartas de amor de Marilyn Monroe são vendidas por até US$79 mil em leilão

Em 2016, o vestido nude com 2.500 cristais foi leiloado pela casa Julien's Auctions - e a roupa foi arrematada por US$4,8 milhões de dólares, tornando-se a peça de vestuário mais cara do mundo. 

A sedutora apresentação ficou marcada para a história - e seria um dos últimos grandes momentos de Marilyn Monroe, encontrada morta dentro da sua casa em Los Angeles três meses depois, aos 36 anos. Assista ao vídeo da estrela cantando "Happy Birthday, Mr. President" abaixo:


+++ SUPLA: 'NA ARTE A GENTE TEM QUE SER ESPONTÂNEO' | ENTREVISTA | ROLLING STONE BRASIL

+++LEIA MAIS: Marilyn Monroe quase virou dona de casa por causa de ciúme do marido

p>Marilyn Monroe foi casada durante um período com o famoso jogador de beisebol Joe DiMaggio. Mas o casal não aguentou ficar muito tempo junto, porque o marido da atriz odiava que ela fosse um ícone sexy - e queria até que ela desistisse de tudo por ele. (via CheatSheet).

+++ LEIA MAIS: Hugh Hefner será enterrado ao lado do túmulo de Marilyn Monroe

Ele odiava que ela fosse famosa, mas odiava mais ainda que ela fosse um símbolo sexy. E essa situação piorou  quando fotos peladas que Monroe tirou na década de 1940 se espalharam pelos Estados Unidos.

Ao invés de ficar intimidada, Monroeadmitiu publicamente que era ela, o que deixou DiMaggio furioso. Nesse ponto, o atleta queria que a esposa abandonasse a carreira e se tornasse uma dona de casa comum.

+++ LEIA MAIS: Vídeo mostra Amy Winehouse adolescente cantando "Parabéns a Você" à Marilyn Monroe

DiMaggio estava em um estado muito avançado de ciúmes, ao ponto de forçar Marilyn a usar roupas formais, que cobrissem seu corpo. Segundo o New York Post, um amigo próximo do casal disse que o atleta estava louco de acreditar que Monroe desistiria de tudo. 

"Tipo, aqui está essa jovem e linda mulher prestes a se tornar uma das atrizes mais famosas e bem-sucedidas do mundo, e ela vai desistir de tudo para fazer lasanha para Joe e passar os dias trocando fraldas?”, disse.

E ele estava certo. Monroe não aceitou as demandas de Joe e o casal acabou se divorciando - apesar de terem continuado bons amigos.