Rolling Stone
Busca
Facebook Rolling StoneTwitter Rolling StoneInstagram Rolling StoneSpotify Rolling StoneYoutube Rolling StoneTiktok Rolling Stone

Quando Tom Morello 'incentivou' fãs a invadirem a área vip no SWU

Em 2010, o show do Rage Against the Machine em Itu, São Paulo, foi interrompido quando o público não respeitou a divisão das pistas

Tom Morello (Foto: Larry Busacca/Getty Images)
Tom Morello (Foto: Larry Busacca/Getty Images)

Em outubro de 2010, antes do Rage Against the Machine se apresentar no Festival SWU em Itu, São Paulo, o guitarrista Tom Morello escreveu no Twitter:

Eu não acharia uma má ideia se alguns de vocês comprassem ingressos comuns para nossos shows no Brasil e Chile e invadissem a área vip quando a música ficar pesada."

A declaração veio em meio a acusações do alto preços de ingressos e a divisão de pistas, algo que o Rage Against The Machine era contra. A banda conseguiu abolir às divisões nos shows na Argentina, mas não foi possível fazer o mesmo no Brasil e isso teria deixado os integrantes furiosos. 

+++LEIA MAIS: Tom Morello e Zack de la Rocha boicotam espaços com reconhecimento facial

O resultado era previsível. Após quatro músicas do início do show, o público começou a forçar a barricada que dividia a pista comum da área vip, até que Zack de La Rocha foi orientado a interromper o show e pedir aos fãs que se acalmassem.

Quando a banda voltou com a música - que defende políticas sociais contra o sistema capitalista - o público voltou a forçar a barricada enquanto a organização do festival reforçava com barras de ferro de apoio. O show foi novamente pausado, mas em vão. Fãs conseguiram invadir a área vip e o show seguiu. 

Dali em diante a transmissão ao vivo da apresentação pelo Multishow foi interrompida, e a banda continuou por 40 minutos tocando todos os seus clássicos "Killing in the name", "Bulls on Parade" "Sleep Now In The Fire" e "Testify".

+++ LEIA MAIS: Por que o Måneskin não é uma banda fabricada, segundo Tom Morello

Apoio ao MST

Além da invasão e a transmissão do show interrompida, os integrantes do Rage Against the Machine aproveitaram a passagem pelo Brasil para declarar apoio ao Movimento Sem Terra. Confira abaixo:

"Esta música se chama 'People of the Sun' e dedicamos ela às pessoas do MST", disse Zack De La Rocha durante a apresentação.