O fim de remakes e sequências? Bilheterias baixas de 2019 podem indicar que sim

Os principais fracassos de bilheteria do ano passado foram sequências e remakes, entre eles X-Men: Fênix Negra

Redação Publicado em 29/04/2020, às 18h40

None
Fênix Negra (Foto: Reprodução)

O ano de 2019 contou com diversas bilheterias baixas - e isso pode não ser um bom sinal para remakes e sequências, que representam as maiores perdas do ano passado. A lista publicada anualmente pelo Deadline mostrou que o maoir fracasso foi do filme X-Men: Fênix Negra, interpretado por Sophie Turner, estrela de Game of Thrones.

+++LEIA MAIS: Diretor de X-Men: Fênix Negra explica por que vetou o Wolverine no filme

O longa dos X-Men foi dirigido por Simon Kinberg, perdeu US$ 143 dólares nas bilheterias mundiais e foi alvo de diversas críticas negativas. No entanto, outros filmes fazem parte da lista de fracassos.

De acordo com a NME, o segundo na lista é outra sequência, desta vez de O Exterminador do Futuro. O longa Destino Sombrio teve críticas mistas, e apesar da participação de Arnold Schwarzenegger e das três protagonistas mulheres (Linda Hamilton, Mackenzie Davis e Natalia Reyes), a baixa arrecadação não camufla o fracasso de US$ 122 milhões. 

+++LEIA MAIS: 5 filmes que previram o mundo de 2020 - e erraram feio: O Exterminador do Futuro, No Limite do Amanhã e mais

O terceiro maior fracasso é o criticado remake live-action de Cats, dirigido por Tom Hooper, que perdeu US$ 113 milhões - e um dos principais motivos foram os efeitos visuais que transformaram os personagens em gatos bizarros. 

Projeto Gemini, com o clone de Will Smith, ficou em 4º lugar com a perda de US$ 111 milhões enquanto a animação Link Perdido, dirigida por Chris Butler, vem atrás com o fracasso de US$ 101 milhões.

+++ LEIA MAIS: Após críticas destruidoras, Cats será lançado com “efeitos visuais aprimorados”


+++ RUBEL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL