O Journey foi "espancado" pelo AC/DC em 1973, relembra Steve Perry

O grupo australiano de rock abriu a turnê do Journey nos Estados Unidos

Redação Publicado em 28/05/2019, às 12h29

None
Angus Young do AC/DC (Foto: Amy Harris/Invision/AP)

Steve Perry, líder da Journey, relembrou a pressão que sentiu depois que AC/DC fez um show de abertura na turnê dos Estados Unidos em 1973, e como a apresentação do grupo australiano tornou quase impossível para eles seguir com a programação. 

Em uma entrevista para o programa de Rádio Ultimate Classic Rock Nights, Perry contou sobre a experiência: 

"Era uma banda nova e todo mundo disse que eles estavam arrasando". "Eu tentava cantar todas as minhas músicas nos batidores para me aquecer", revela. 

"Vi Bon Scott, e os irmãos [Young] arrasando, e o público com os braços no ar, mexendo no ritmo da música."

Ele continuou: “Fiquei atordoado, disse que era algo inacreditável. Afinal, o que era aquilo?".

E então eu pensei: "Eu tenho que seguir essa banda? Ir lá e cantar "Wheel in the Sky"? O que eu estou fazendo?". "Eles "espancaram" a gente, estou sendo honesto com você. Qualquer outro integrante da banda vai admitir isso. Tivemos que aprender a todas as músicas do Journey, que originalmente escrevemos, com uma nova intensidade", conclui o músico.

+++ VÍDEO: Rincon Sapiência aprendeu a "desenhar o próprio nome", quase foi jogador de futebol e se tornou Rei dos Feats do rap nacional