O lado gospel de Elvis Presley

Redação Publicado em 16/08/2012, às 00h42 - Atualizado às 00h45

A canção gospel foi seminal na formação musical de Elvis Presley. Até o final de sua vida, ele seguiu cantando e gravando hinos religiosos. No dia em que ele completaria 80 anos, veja alguns dos mais marcantes da carreira dele.
AP

“(There’ll Be) Peace In The Valley (for Me)”

Esta conhecida canção de Thomas A. Dorsey deu nome a um EP gospel que Elvis lançou em 1957. O cantor a apresentou em sua última aparição no programa de Ed Sullivan, em janeiro daquele ano.


“I Believe”

Canção de fé e inspiração que na metade dos anos 50 tinha sido um mega hit para o cantor Frankie Laine. A versão de Elvis foi incluída no EP Peace In The Valley.


“His Hand in Mine”

Esta faixa, que dá nome ao primeiro álbum gospel de Elvis, lançado em dezembro de 1960, foi escrita por Mosie Lister e se tornou um das interpretações gospel mais conhecidas do cantor.


"Swing Down Sweet Chariot"

Elvis gravou esta acelerada faixa pela primeira vez no álbum His Hand in Mine. Em 1969, ele reviveu a canção para a trilha do filme Linda Encrenca, as Garotas.


"Crying in the Chapel"


A canção escrita por Artie Glenn já tinha sido sucesso várias vezes antes de Elvis gravá-la. Ele a registrou nas sessões de His Hand in Mine, mas a gravação ficou arquivada. Quando lançada em compacto em 1965, tornou-se um grande sucesso.


“How Great Thou Art”

Baseada em uma melodia escrita pelo sueco Carl Gustav Boberg, este hino cristão ganhou letra em inglês pelo missionário britânico Stuart K. Hine. Elvis gravou a canção em 1966 e no ano seguinte ela deu nome a seu segundo álbum gospel.


“If I Can Dream”

Os produtores do especial que Elvis fez para a NBC em 1968 queriam uma faixa de impacto parta fechar o show. Walter Earl Brown escreveu a canção logo depois do assassinato de Martin Luther King Jr. Embora tecnicamente não seja uma música gospel, Elvis a interpreta como se fosse uma canção de fé.


“Why Me Lord”

A canção foi escrita e gravada originalmente por Kris Kristofferson e fez muito sucesso com o autor em 1973. No ano seguinte, ela se tornou um dos pontos altos dos shows de Elvis, durante a qual ele fazia dueto com J.D. Sumner.


“He Touched Me”

Faixa que deu título ao terceiro álbum gospel de Elvis, lançado em 1972. Nele, o cantor se aventurou a gravar canções do segmento cristão contemporâneo.


“Amazing Grace”

Uma das canções religiosas mais conhecidas de todos os tempos, “Amazing Grace” foi escrita pelo clérigo e poeta John Newton. Ela recebeu uma versão de Elvis no álbum He Touched Me.