O novo disco do Guns N' Roses é real, diz Duff McKagan

Em 2016, Axl Rose, Slash e Duff McKagan voltaram a dividir o palco com o Guns N' Roses e, agora, preparam o sucessor de Chinese Democracy, lançado em 2008

Redação Publicado em 26/02/2019, às 08h59

None
Axl Rose, Slash e Duff McKagan, em ação com o Guns N' Roses (Foto: Thibaud Moritz / Sipa USA / via AP Images)

Slash e o também guitarrista Richard Fortus já deram indícios sobre o novo disco do Guns N' Roses nas últimas semanas. E as informações seguem quentes. O mais recente integrante a banda a confirmar a chegada do material inédito é Duff McKagan, baixista da formação clássica, de volta ao grupo com a turnê Not In This Lifetime…, iniciada em 2016.

Desde fim da turnê de reunião do grupo, que marcou o reencontro sobre o palco do trio formado por Duff, Slash e Axel Rose (e que passou pelo Brasil por duas vezes, em 2016 e 2017), Axl está trabalhando em conteúdo inédito.

Em entrevista ao jornalista Eddie Trunk para o programa de rádio Trunk Nation, McKagan  confirmou ter ouvido o material no qual Axl tem trabalhado nos últimos tempos para o novo álbum do Guns N' Roses.

Ele, tal qual os outros integrantes da banda a falarem do novo disco, não foi capaz de dar qualquer previsão para voltar ao estúdio e começar a gravação, muito menos sobre quando será o lançamento do trabalho.  

"O novo disco do Guns N' Roses é real. Mas a parte divertida e mais legal da banda é que a gente realmente não precisa conversar sobre essas coisas. Elas simplesmente acontecem", contou McKagan.

"Nós nunca fomos uma banda com uma agenda certinha sobre como fazer as coisas. Eu ouvi as músicas magníficas nas quais  Axl estava trabalhando. Há muita coisa boa ali. Estou muito animado com a possibilidade de gravar isso, é claro. Não quero apressar ninguém. Nosso dia vai acontecer quando tiver que acontecer."

Em 2016, Axl, Slash e Duff colocaram as diferenças de lado. E, com os bolsos cheios, voltaram a se apresentar como o Guns N' Roses da formação mais tradicional da banda. Sem eles, Axl e o Guns lançou, em 2008, o disco Chinese Democracy, um álbum que levou 15 anos para ficar pronto.

De Chinese Democracy até 2019 já são 11 anos.