O que a 'gripe' de A Dança da Morte, de Stephen King, tem em comum com pandemia de coronavírus?

As diferenças e semelhanças entre as duas doenças foram listadas pelo Screenrant

Redação Publicado em 24/03/2020, às 20h03

None
Capa A Dança da Morte, de Stephen King (Foto: Reprodução)

O público que acompanha Stephen King comparou a doença apocalíptica de A Dança da Morte, livro do autor, com o coronavírus, porque ambas são semelhantes nos sintomas - por terem os mesmos de um resfriado ou uma gripe - segundo listado pelo Screenrant.

+++ LEIA MAIS: Por que, afinal, Stephen King odeia tanto o filme O Iluminado de Stanley Kubrick? [LISTA]

Felizmente para a humanidade, o coronavírus não é tão mortal quanto a doença do livro. O Capitão Trips é extremamente perigoso e é assim de propósito. O vírus foi desenvolvido como uma arma biológica pelo governo dos Estados Unidos e causa uma morte dolorosa. 

A doença de A Dança da Morteinicialmente se apresenta como um resfriado comum, com os mesmos sintomas, mas à medida que progride, os efeitos pioram cada vez mais, tornando os infectados acamados e delirantes. Uma porcentagem muito pequena da população humana é naturalmente imune ao Capitão Trips, mas nenhuma vacina pode ser criada antes que a praga dizime a maior parte do mundo. 

+++ LEIA MAIS: 300 pessoas estão presas em uma rave no Panamá por causa do coronavírus

Já o coronavírus é muito menos uma sentença de morte para aqueles que o contraem. É certamente uma ameaça e deve ser levada a sério, mas cerca de 80% dos infectados apresentam apenas sintomas leves de resfriado ou gripe, ou nenhum, embora o vírus seja muito contagioso. 

Aqueles com maior probabilidade de morrer do vírus COVID-19 são os idosos ou pessoas com condições auto-imunes preexistentes.

+++ LEIA MAIS: Doctor Who inspirou nome de departamento de contenção de coronavírus no Reino Unido?


+++ CORONAVÍRUS: DEVEMOS REALMENTE CANCELAR SHOWS E EVENTOS?