O que Jimi Hendrix achava do Pink Floyd?

Jimi Hendrix 'não ouvia nada' do que Pink Floyd falava nas músicas

Marina Sakai (sob supervisão de Yolanda Reis) Publicado em 24/05/2021, às 19h57 - Atualizado em 27/05/2021, às 13h59

None
Jimi Hendrix (Foto: Bruce Fleming / AP)

A opinião de Jimi Hendrix sobre o Pink Floyd evoluiu muito ao longo dos anos. No livro Hendrix on Hendrix (2012), Steve Roby reuniu diversas entrevistas do guitarrista as quais podem trazer muito contexto sobre suas opiniões. As informações são do Cheat Sheet.

Em janeiro de 1967, durante uma entrevista ao Unit,Hendrix revelou como não gostava da cena psicodélica da época. "Quando falam, 'olhe aquela banda, estão tocando música psicodélica!' e só estão piscando luzes e tocando 'JohnnyB. Goode' com acordes errados... é terrível."

+++LEIA MAIS: Em 1968, Jimi Hendrix foi preso na Suécia por confusão em hotel

Sobre o Pink Floyd, Hendrix declarou: "Ouvi dizer como têm luzes lindas, mas não tocam bem." Meses mais tarde, em novembro de 1967, disse: não queria que a Experience — sua banda — caísse nas categorias de hippie ou psicodélico. "É irritante, porque 'psicodelia' significa expansão da mente. Não consigo ouvir uma palavra do que Pink Floyd fala."

Em agosto de 1970, no fim da vida de Hendrix, o discurso mudou. Em entrevista ao Melody Maker, explicou como queria "pintar a terra e o espaço" e "transportar o ouvinte." Em seguida, referenciou a banda a qual criticou no passado. "Vamos dar às pessoas algo para explodir as mentes delas. [...] Concordo, pode ser algo na linha do trabalho do Pink Floyd. Eles não sabem, mas são os cientistas malucos do momento."

+++LEIA MAIS: O dia que Jimi Hendrix ateou fogo em uma guitarra durante um show [FLASHBACK]


+++ MV BILL | MELHORES DE TODOS OS TEMPOS EM 1 MINUTO | ROLLING STONE BRASIL