O que Jimi Hendrix disse sobre Bob Dylan ‘cantar fora do tom’?

Ao ouvir o projeto de Dylan pela primeira vez, o guitarrista norte-americano não sabia como reagir

Redação Publicado em 31/01/2020, às 13h33

None
Montagem com Jimi Hendrix (Foto: BRUCE FLEMING / AP) e Bob Dylan (Foto: AP Images)

Olhando para a carreira de Jimi Hendrix, há vários momentos marcantes.

Em 1967, o guitarrista, cantor e compositor norte-americano estourou com o lançamento do primeiro álbum da banda The Jimi Hendrix Experience, Are You Experienced - além de uma performance espetacular no Festival Pop de Monterey. 

Contudo, o maior trabalho de Hendrix ainda estava por vir com o último registro do Experience, Electric Ladyland, de 1968. O álbum duplo se tornou o maior sucesso do grupo de rock psicodélico e contou com um cover de "All Along the Watchtower", de Bob Dylan.

+++ LEIA MAIS: A Morte de Jimi Hendrix: há 49 anos, em meio a circunstâncias ainda obscuras, o maior guitarrista de todos os tempos se despedia 

No livro Hendrix: A Biography, Chris Welch relata as múltiplas conversas que teve com o lendário guitarrista, morto em 1970. Ao ser questionado sobre suas principais influências musicais, Hendrix citou figuras tão diversas quanto Muddy Waters, Eddie Cochran e J.S. Bach.

Na época, Hendrix já havia se tornado um admirador de Dylan. Mas, quando Hendrix ouviu o projeto de Dylan pela primeira vez, não sabia o que pensar.

+++ LEIA MAIS: Quanto Jimi Hendrix ganhou para ser headliner do Woodstock 1969? 

"Antes de vir para a Inglaterra, eu estava pesquisando muito sobre as coisas que Bob Dylan estava fazendo", disse ele ao jornalista. "Quando escutei a música dele, pensei: 'Nossa, você deve admirar esse cara por cantar tão fora do tom."

Depois, Hendrix percebeu que Dylan era muito mais do que um cantor. "Foi então que eu ouvi as palavras que ele dizia", continuou. Quando ele decidiu tocar "All Along the Watchtower", do disco John Wesley Harding(1967), Hendrix sabia exatamente como dar vida à música. 

+++ LEIA MAIS: As Sessões de Blues Perdidas de Jimi Hendrix 

Em 2015, ao receber o prêmio MusiCares Personalidade do Ano, Dylan agradeceu a muitos de seus colaboradores e intérpretes ao longo dos anos. Depois de homenagear Joan Baez, The Byrds e Nina Simone, ele voltou sua atenção para Hendrix.

"Não podemos esquecer de Jimi Hendrix", disse. “Ele pegou pequenas músicas minhas, nas quais ninguém havia prestado atenção, e as trouxe para os limites externos da estratosfera, transformando-as em clássicos… Eu tenho que agradecer a Jimi. Queria que ele estivesse aqui."

 


+++ MELHORES DISCOS BRASILEIROS DE 2019 (PARTE 2), SEGUNDO A ROLLING STONE BRASIL