O que o prequel de Jogos Vorazes pode aprender com Star Wars?

Apesar do sucesso, a trilogia prequel de Star Wars foi fortemente criticada e Jogos Vorazes pode se aproveitar

Redação Publicado em 04/05/2020, às 11h10

None
Jogos Vorazes: A Esperança - O Final (Foto: Reprodução / Lionsgate)

A franquia de filmes Jogos Vorazesvai ganhar uma saga prequel, baseada no livro ainda não lançado da autora Suzanne Collins, A Cantiga dos Pássaros e das Serpentes. Assim como em Star Wars, a obra irá voltar no tempo para contar a história do vilão Coriolanus Snow, décadas antes do nascimento da heroína Katniss (Jennifer Lawrence).

Apesar do sucesso da trilogia que contou a história da ascensão de Darth Vader, muitos erros foram cometidos pelos longa-metragens e as críticas foram diversas. Porém, o lado bom de falhas catastróficas é sempre deixar dicas do que não se deve fazer.

Conforme citado pelo site CinemaBlend, listamos algumas coisas que o spin-off de Jogos Vorazes deve evitar, segundo o exemplo de Star Wars.


Por favor, sem reuniões no senado

A trilogia prequel teve mérito em construir aspectos interessantes do universo Star Wars, mas algo incontestavelmente ruim eram as  tediosas cenas sobre a política dentro da República Galáctica. Diálogos incompreensíveis sobre leis que deveriam ser a causa das guerras são de longe a pior parte dos filmes e a história de Snow deve evitar isso a todo custo.

+++LEIA MAIS: Shailene Woodley revela ter ficado ‘muito, muito doente’ durante os filmes Divergente: ‘Tive que negar oportunidades’


Cautela com a história de amor com final trágico

A trama de A Cantiga dos Pássaros e das Serpentesirá acompanhar um jovem Snow enquanto ele treina uma garota do décimo segundo distrito para os Jogos Vorazes. Vários fãs já levantaram a possibilidade de uma história de amor proibido com esse contexto, mas se tem algo que o romance de Anakin e Padme ensinou é que talvez seja melhor evitar um conceito tão clichê.

+++LEIA MAIS: As 4 lutas mais incríveis dos filmes Star Wars: Luke vs Darth Vader a Kylo Ren vs Rey

É um recurso recorrente mostrar um vilão apaixonado para dar humanidade a ele, mas quando é certo que esse romance terá um final trágico e, no caso de Star Wars, falta química ao casal, a recepção pode ser ruim.


Sem criar uma nova trilogia

A história de origem de Darth Vader certamente tem valor, mas muitos argumentam que não era necessário testemunhar até a infância de Anakin. Uma trama mais centrada nos acontecimentos-chave seria mais divertida e mais impactante para Snow, além de ser uma decisão ousada contar tudo em apenas um ou dois filmes.

+++ LEIA MAIS: Star Wars: os dez momentos mais marcantes da franquia.


+++ MINHA PLAYLIST.... FRANCISCO, EL HOMBRE | ROLLING STONE BRASIL